Cedae volta a funcionar com 100% da capacidade no Rio

O funcionamento pode levar cerca de 48 horas para se restabelecer

Escrito por Redação 21/12/2020 20:31, atualizado em 21/12/2020 21:28
Para que a operação funcionasse, foram contratadas 25 pessoas para auxiliar a companhia.
Para que a operação funcionasse, foram contratadas 25 pessoas para auxiliar a companhia. . Foto: Divulgação/ Agência Brasil

Nesta segunda-feira (21), a Cedae anunciou que colocou em operação o motor da elevatória do Lameirão, que desde o dia 14 de novembro estava operando com 75% de sua capacidade provocando problemas de falta d’água no Rio.

 

Conforme as informações passadas pela companhia, a unidade voltou a funcionar normalmente operando com 100% da capacidade, abastecendo os municípios do Rio de Janeiro e Nilópolis, podendo levar cerca de 48h para se restabelecer.

 

Para que a operação funcionasse, foram contratadas 25 pessoas para auxiliar a companhia. O motor, que pesa 35 toneladas, se localiza a 64 metros de profundidade na galeria de bombas da elevatória. O propósito da unidade é bombear água a uma altura de 120 metros, gerando pressão para começar o processo de distribuição para os municípios.

 

O presidente da Cedae, Edes Fernandes de Oliveira, relatou que quando o motor chegou a unidade na sexta-feira (18), as equipes foram postas para trabalhar durante o final de semana para que o prazo fosse reduzido e que os municípios fossem restabelecidos. 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas