Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down Euro down 5,4907
Search

Grupo Liberdade/Santa Diversidade distribui 300 cestas de Natal para comunidade LGBTI

Interessados deverão preencher um formulário na internet

relogio min de leitura | Escrito por Daniel Magalhães | 21 de dezembro de 2020 - 17:48
As cestas será entregues na próxima quarta-feira (23), das 15h às 19h
As cestas será entregues na próxima quarta-feira (23), das 15h às 19h -

O Grupo Liberdade/Santa Diversidade de Direitos Humanos de São Gonçalo prepara mais uma ação de solidariedade na reta final deste ano. O grupo está desde o início da pandemia distribuindo cestas básicas para pessoas da comunidade LGBTI do município que estejam em situação de vulnerabilidade social e financeira. Desta vez, os membros da Associação estão doando 300 cestas de Natal para que os que recebam tenham uma ceia farta e que encerrem o ano com o sentimento de esperança e solidariedade.

O grupo, que atua há mais de 18 anos no município, realizou em abril, no início da pandemia, uma campanha para arrecadar cestas básicas para trabalhadores informais da comunidade LGBTI. Foram arrecadadas 50 cestas com alimentos e produtos de limpeza e higiene pessoal.

O grupo lembra que, embora o público-alvo seja a comunidade LGBTI, outras famílias em situação de vulnerabilidade podem solicitar uma cesta.

"A nossa diretriz é o público LGBTI+ , porém sabemos que há pessoas que não são da comunidade LGBTI+ que também estão em situação de vulnerabilidade socioeconômica por conta da pandemia.", ressaltou o presidente do grupo, Félix Lino.

Assim como em abril, os interessados passam por um critério de elegibilidade, com um levantamento sócio-econômico prévio. Mas o que prevalece, segundo Félix, é acreditar que elas estão sendo verdadeiras. Mas, para facilitar o processo, os interessados devem, desta vez, preencher um formulário na internet para que possam solicitar as cestas de Natal.

O formulário pode ser encontrado neste link. Os solicitantes terão que responder algumas poucas perguntas sobre nome, endereço, meios de contato, renda e quantas pessoas moram em suas residências. As inscrições no cadastro só estarão disponíveis até às 22h desta terça-feira (22) ou quando completar o número de 300 inscritos.

As cestas serão entregues na próxima quarta-feira (23), das 15h às 19h, na Rua Aluísio Neiva, 44, no Centro de São Gonçalo. Os solicitantes devem comparecer ao local portando um documento de identificação com foto.

Para Félix, este ano, embora atípico e conturbado, foi uma oportunidade de demonstrar o espírito de solidariedade, ainda mais durante este período de pandemia.

"Nunca havíamos feito esse tipo de ação assistencialista antes. Mas a pandemia vulnerabilizou e impactou alguns grupos sociais, entre eles a comunidade LGBTI+. Percebemos que muitos gays, lésbicas, travestis e transexuais estavam em situação de vulnerabilidade, com a perda de emprego, diminuição salarial etc. Aí vimos a necessidade de formar parcerias pra arrecadar cestas e prover ajuda básica a essas pessoas. Assim, já distribuímos 300 cestas até agora através de parcerias com o Ação da Cidadania, a LBV, o Programa Rio sem LGBTIfobia e a Prefeitura de São Gonçalo. A Igreja Católica de SG também cedeu cestas para que distribuíssemos. Agora vamos distribuir mais 200, através da parceria com o projeto 5 por 1 em conjunto com o Personal Stylist Milton Castanheiras. Foi desafiador porém são os desafios que nos incentivam a fazer militância, a sede de superar e seguir em frente sabendo que conseguimos ajudar não tem preço.", concluiu Félix.

*Estagiário sob supervisão de Thiago Soares

Matérias Relacionadas