Colégio esconde aluna negra em foto institucional e é denunciada por racismo

Criança de 10 anos ficou escondida por frase de Paulo Freire

Escrito por Redação 24/11/2020 12:56, atualizado em 24/11/2020 13:54
Criança negra é excluída de foto em campanha de escola
Criança negra é excluída de foto em campanha de escola . Foto: Divulgação

Uma escola da cidade de Jundiaí, no interior de São Paulo, está sendo acusada de racismo contra uma criança negra de 10 anos. O Colégio Domus Sapiens fez uma publicação nas redes sociais divulgando um banner da unidade com quatro crianças estampando a campanha, três alunas brancas e uma aluna negra.

No entanto, a aluna negra foi completamente ocultada da imagem por um quadro de texto, com uma frase do escritor Paulo Freire. "Importante na escola não é só estudar, é também criar laços de amizade e convivência".

Segundo o portal G1, a família da criança, ao perceber a ação da escola, registrou um boletim de ocorrência. O pai da menina alegou ter recebido diversas mensagens fazendo o alerta que sua filha havia desaparecido da foto. Logo em seguida ele enviou uma mensagem para a escola, que apagou a publicação.

Colégio publicou a foto original após as críticas
Colégio publicou a foto original após as críticas | Foto: Divulgação
 


Após a onda de críticas, o Colégio Domus Sapiens postou uma nova foto, dessa vez com todas as meninas. Em nota, a unidade afirmou que a ocultação não teve caráter "racial" mas sim seguiu um “critério geral de posicionamento da caixa de texto nas fotos divulgadas sequencialmente na rede social“. O caso está em investigação e o delegado do caso ainda ouvirá todos os lados.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas