Câmara cobra explicações do Governo sobre os 7 milhões de testes da Covid-19 que podem ser jogados fora

Exames teriam vencimento para janeiro de 2021

Escrito por Redação 23/11/2020 14:36, atualizado em 23/11/2020 15:34
Câmara dos Deputados cobra explicações do Governo sobre testes guardados
Câmara dos Deputados cobra explicações do Governo sobre testes guardados . Foto: Divulgação/Agência Brasil

A Câmara dos Deputados está cobrando explicações do Governo Federal sobre a possibilidade dos 7 milhões de testes para diagnosticar a covid-19 perderem a validade daqui a 38 dias. Os testes, armazenados no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, têm validade prevista para janeiro de 2021 e custaram R$ 290 milhões aos cofres públicos da União.


De acordo com a Câmara, esta situação está sendo considera "absurda", caso se confirme. Em uma breve declaração, o presidente Bolsonaro alegou que o Ministério da Saúde repassou todo o material comprado durante a pandemia para os estados e municípios, e se o material não foi repassado para a população, foi falha dos governantes.


No último final de semana, o jornal O Estado de S.Paulo afirmou que os 7 milhões de exames do tipo RT-PCR, os mais precisos no diagnósticos, não estavam sendo aproveitados.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas