Avenida Paulista amanhece com frase "Vidas Pretas Importam"

Grupo de artistas pintou frase na madrugada

Enviado Direto da Redação
Grupo de artistas pintou frase na madrugada

Grupo de artistas pintou frase na madrugada

Foto: Reprodução/GloboNews

A cidade de São Paulo amanheceu com a frase "Vidas Pretas Importam" escrita na Avenida Paulista, um dos locais mais importantes da cidade. Durante a noite, um grupo de artistas pintou a frase em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp). O ato foi motivado pelo caso de João Alberto Silveira Freitas, homem negro de 40 anos que morreu, na quinta, após ser agredido por dois seguranças no supermercado Carrefour, em Porto Alegre.

Um dos artistas que participou do ato, identificado como Pagu, disse que a pintura contou com apoio da secretaria municipal de Cultural, da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e da polícia de São Paulo.

"Nós iniciamos esse processo ontem à tarde, motivados pela morte do João Alberto, mas não só dele, como de todos os negros que morrem no Brasil", disse, em entrevista à CNN.

Em várias cidades do país estão ocorrendo manifestações contra a morte violenta de João Alberto. Protestos foram registrados em São Paulo, Minas, Rio e Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, cidade onde ocorreu o crime e reuniu cerca de 2.500 mil pessoas se reuniram em um protesto no fim da tarde de ontem.

Veja também