Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down Euro down
Search

Niterói melhora indicadores e continua em alerta máximo contra novo coronavírus

Dados da pandemia na cidade apresentam tendência de queda. Índice está em 5,38, próximo ao nível amarelo 1

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 10 de novembro de 2020 - 09:30
O município está no estágio de alerta máximo do nível 2
O município está no estágio de alerta máximo do nível 2 -

Por Ana Carolina Moraes*

Após a matéria publicada em O SÃO GONÇALO, nesta segunda-feira (09), que informava que, segundo a Secretaria de Estado de Saúde, Niterói seria o segundo município com mais casos confirmados de pacientes com Covid-19 no Rio, o prefeito do município, Rodrigo Neves, informou, em durante uma live, na noite de ontem, que Niterói está no alerta máximo no estágio amarelo no nível 2 de contaminação da doença, que faz parte do Plano de Transição Gradual para o Novo Normal.

Segundo Neves, o indicador do estado atualmente é de 5,38, que fica próximo ao estágio 1, que vai de 0 a 5, no Plano de Transição Gradual para o Novo Normal, mas ainda não chegou lá. O prefeito tranquilizou os munícipes e informou que a cidade possui 27% dos leitos ocupados com pacientes com Covid e que a taxa de letalidade do município é a menor da região metropolitana, chegando a apenas 3%.

Além disso, o prefeito informou que, após os dados serem exibidos, diversas fake news surgiram na internet afirmando que Niterói voltaria ao lockdown. Vale ressaltar, que essa informação nunca foi confirmada e é uma mentira, pelo menos, até o momento.

Com relação aos dados de Covid no município, segundo o que foi apresentado na última terça-feira (09) pela Secretaria Estadual de Saúde, Niterói continua no segundo lugar da lista de mais casos da doença com um total de 16.445 pacientes confirmados. Além disso, o município é o quinto que registra mais mortes com 532 óbitos.

A discrepância com relação aos dados da Prefeitura do município continua ocorrendo. Isso porque o próprio Rodrigo Neves confirmou, em sua live de terça-feira (09), que Niterói registrava 15.423 casos confirmados e 493 óbitos. 

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES),  por meio da Subsecretaria de Vigilância em Saúde (SVS), informou que essa discrepância de dados entre o SES e as prefeituras ocorre quando não há uma notificação adequada dos casos da doença e óbitos nos sistemas oficiais. A responsabilidade de informar os casos, segundo a SES, são das prefeituras.

"A Subsecretaria coleta os dados nos sistemas oficiais do Ministério da Saúde (MS) após inclusão das informações pelos municípios. Contudo, eventualmente os sistemas do MS apresentam instabilidade e os municípios adiam as notificações. Por isso, pode haver defasagem de informações, sendo os casos mais antigos contabilizados primeiro."

Em nota a prefeitura de Niterói informou que  a cidade entrou em alerta máximo há quase quatro meses, vindo de um estágio de maior restrição.  

" Desde 22 de junho, o indicador síntese de Covid-19 vem caindo gradativamente. Em 22/06, estava em 7.63. Atualmente, esse indicador está em 5.38. Quando chegar em 5, a cidade passará para o estágio amarelo nível 1 - alerta. Isso mostra que a epidemia está sob controle na cidade. Vale lembrar que esse indicador síntese é composto de 12 critérios, como número de leitos disponíveis, casos confirmados e número de óbitos.  A Secretaria Municipal já solicitou a revisão dos dados da Secretaria de Estado de Saúde. A Prefeitura de Niterói também ultrapassou a marca dos 120 mil testes aplicados de Covid-19 na população. Esse é um dos maiores índices de testagem do Brasil. A realização desse amplo programa de testagem aumenta a identificação de casos de Covid-19 em relação aos outros municípios - não quer dizer que obrigatoriamente existem mais casos em Niterói e sim que o sistema de identificação na cidade é mais eficiente. "

Confira os dados da Secretaria de Estado de Saúde:

Os casos confirmados estão distribuídos da seguinte maneira:

Rio de Janeiro - 122.527

Niterói - 16.445

São Gonçalo - 14.896

Belford Roxo - 11.121

Duque de Caxias - 10.902

Macaé - 9.774

Campos dos Goytacazes - 8.189

Nova Iguaçu - 7.880

Teresópolis - 7.812

Volta Redonda - 7.674

Angra dos Reis - 6.331

Itaboraí - 4.953

Magé - 4.574

Maricá - 4.025

São João de Meriti - 3.947

Nova Friburgo - 3.911

Barra Mansa - 3.762

Três Rios - 3.409

Itaperuna - 3.180

Resende - 3.137

Cabo Frio - 3.066

Petrópolis - 2.932

Itaguaí - 2.728

Queimados - 2.693

Rio das Ostras - 2.420

Guapimirim - 2.221

Rio Bonito - 2.137

Mesquita - 1.788

Araruama - 1.765

Nilópolis - 1.569

São Pedro da Aldeia - 1.434

São João da Barra - 1.360

Barra do Piraí - 1.273

Santo Antônio de Pádua - 1.259

Saquarema - 1.237

Mangaratiba - 1.172

Paraíba do Sul - 1.162

Casimiro de Abreu - 1.114

Paraty - 994

Tanguá - 969

Seropédica - 914

Iguaba Grande - 909

Vassouras - 897

Paracambi - 865

Piraí - 864

Bom Jesus do Itabapoana - 857

Conceição de Macabu - 807

Valença - 769

Porciúncula - 757

Varre-Sai - 742

Cachoeiras de Macacu - 708

Sapucaia - 689

Natividade - 655

São Francisco de Itabapoana - 642

Japeri - 603

Armação dos Búzios - 587

Quissamã - 579

Pinheiral - 578

Miracema - 536

São José do Vale do Rio Preto - 502

Porto Real - 474

Cardoso Moreira - 453

Itatiaia - 435

Itaocara - 432

Cantagalo - 422

Cordeiro - 418

Carapebus - 370

Italva - 365

Laje do Muriaé - 347

Silva Jardim - 332

Rio Claro - 328

Miguel Pereira - 313

Mendes - 303

Areal - 286

São Fidélis - 285

Carmo - 259

Engenheiro Paulo de Frontin - 239

Arraial do Cabo - 237

Cambuci - 224

Sumidouro - 215

Bom Jardim - 212

Paty do Alferes - 209

Aperibé - 203

Quatis - 173

Comendador Levy Gasparian - 171

São José de Ubá - 148

Macuco - 131

Santa Maria Madalena - 121

São Sebastião do Alto - 94

Duas Barras - 78

Trajano de Moraes - 70

Rio das Flores - 26

As 20.905 vítimas de Covid-19 no estado foram registradas nos seguintes municípios:

Rio de Janeiro - 12.312

São Gonçalo - 796

Duque de Caxias - 789

Nova Iguaçu - 691

Niterói - 532

São João de Meriti - 493

Campos dos Goytacazes - 432

Belford Roxo - 325

Petrópolis - 271

Magé - 258

Volta Redonda - 244

Itaboraí - 230

Nilópolis - 207

Angra dos Reis - 204

Mesquita - 193

Barra Mansa - 180

Macaé - 174

Teresópolis - 173

Cabo Frio - 172

Nova Friburgo - 162

Itaguaí - 140

Maricá - 133

Resende - 115

Itaperuna - 87

Rio das Ostras - 85

Saquarema - 80

Araruama - 73

Queimados - 71

Seropédica - 71

Três Rios - 71

Guapimirim - 70

Barra do Piraí - 63

Rio Bonito - 62

São Pedro da Aldeia - 60

Tanguá - 44

Japeri - 43

Mangaratiba - 43

Iguaba Grande - 38

Paracambi - 38

Cachoeiras de Macacu - 37

Paraty - 34

Itaocara - 33

São Fidélis - 31

Casimiro de Abreu - 30

Sapucaia - 30

Porciúncula - 27

Vassouras - 27

Paraíba do Sul - 25

Valença - 24

Bom Jesus do Itabapoana - 23

Santo Antônio de Pádua - 23

São Francisco de Itabapoana - 23

Quissamã - 20

São José do Vale do Rio Preto - 19

Pinheiral - 18

Porto Real - 18

Armação dos Búzios - 16

Miguel Pereira - 16

Conceição de Macabu - 15

Piraí - 15

Rio Claro - 15

Sumidouro - 14

Italva - 12

Itatiaia - 12

São João da Barra - 12

Areal - 9

Silva Jardim - 9

Aperibé - 7

Cambuci - 7

Arraial do Cabo - 6

Paty do Alferes - 6

Miracema - 5

Natividade - 5

Santa Maria Madalena - 5

Bom Jardim - 4

Carapebus - 4

Carmo - 4

Comendador Levy Gasparian - 4

Engenheiro Paulo de Frontin - 4

Rio das Flores - 4

São Sebastião do Alto - 4

Cardoso Moreira - 3

Duas Barras - 3

Macuco - 3

Mendes - 3

São José de Ubá - 3

Cantagalo - 2

Laje do Muriaé - 2

Quatis - 2

Varre-Sai - 2

Cordeiro - 1

Para mais informações, acesse o painel de monitoramento de casos no estado do Rio de Janeiro em painel.saude.rj.gov.br 

*Estagiária sob supervisão de Marcela Freitas 

Matérias Relacionadas