Conselho da UFRJ aprova cotas para concursos de professores

Reitora saudou ação como "antirracista"

Escrito por Redação 23/10/2020 16:19, atualizado em 23/10/2020 17:19
Parecer foi aprovado por 48 votos
Parecer foi aprovado por 48 votos . Foto: Foto: Divulgação/UFRJ

O Conselho Universitário (Consuni) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) aprovou na sessão desta quinta-feira, 22, uma resolução que estabelece normas para o ingresso na carreira do magistério superior da instituição. As regras para o concurso ampliam as políticas afirmativas na forma de cotas para pessoas com deficiência e negros.


A resolução modifica a forma de ingresso de docentes, fazendo com que a lei de cotas seja aplicada. Além do esforço de todos que se debruçaram sobre a proposta, mencionado pelos conselheiros, a reitora Denise Pires disse que a Procuradoria da UFRJ também contribuiu para a construção do texto para atender a lei que reserva 20% para negros e pardos e um percentual menor para pessoas com deficiência.


Denise saudou a resolução como uma "ação antirracista". O parecer foi aprovado com 48 fotos favoráveis, uma abstenção e um contrário. Agora falta apreciar os destaques, entre os quais um referente a proposta da prova escrita ser ou não opcional.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas