Campanha de adoção RJPET encontra novos lares para os animais

Cerca de 500 pessoas passaram pelo local para conhecer os bichinhos

Escrito por Redação 20/10/2020 17:29, atualizado em 20/10/2020 18:28
A RJPET disponibilizou para adoção doze gatos e sete cachorros, entre filhotes e adultos
A RJPET disponibilizou para adoção doze gatos e sete cachorros, entre filhotes e adultos . Foto: Divulgação

A campanha de adoção realizada pela RJPET, no último fim de semana no Shopping Recreio, na Zona Oeste do Rio, terminou sendo uma nova esperança para animais de estimação e seus novos tutores. Cerca de 500 pessoas passaram pelo local para conhecer os bichinhos disponíveis para adoção.

Com tanta fofura, alguns acabaram adotando e levando um peludinho para casa, como foi o caso de Fabielle Borges, que já estava à procura de um cachorrinho para fazer parte da família. Ela adotou o Bebezão.

“De longe ele já me chamou atenção, minha filha Nina já se apaixonou, aí resolvemos adotar. A opção pela adoção é porque a gente acaba passando valores para os nossos filhos. Com tantos animais nas ruas precisando de amor, não temos porque comprar. Temos muito amor para compartilhar”, disse.

Os gateiros de plantão também ficaram entusiasmados. Rosana Durans, que também já estava querendo adotar um companheiro, chegou na feira não sabia qual escolher.

“Já tenho um cachorro, também adotado, agora vai ser a vez de um gatinho. Já não sei mais como viver em casa sem um animalzinho, e não vejo sentido nenhum em comprar, porque a adoção é um ato de solidariedade e amor”.

A RJPET disponibilizou para adoção doze gatos e sete cachorros, entre filhotes e adultos. Desses, 5 gatos foram adotados e um cachorro.

Para o secretário Marcelo Queiroz, a primeira feira teve um saldo super positivo. “Temos um orgulho enorme de poder ajudar esses animais a encontrar um novo lar. Esse é um trabalho que só é possível com o empenho dos protetores independentes, de voluntários, da equipe da secretaria e do Governador em exercício Cláudio Castro. Acho que as campanhas de adoção têm que ser parte de uma política pública contínua de proteção animal. “explicou o secretário.

A RJPET disponibilizou para adoção doze gatos e sete cachorros, entre filhotes e adultos
A RJPET disponibilizou para adoção doze gatos e sete cachorros, entre filhotes e adultos. Foto por Divulgação
A RJPET disponibilizou para adoção doze gatos e sete cachorros, entre filhotes e adultos
A RJPET disponibilizou para adoção doze gatos e sete cachorros, entre filhotes e adultos. Foto por Divulgação
A RJPET disponibilizou para adoção doze gatos e sete cachorros, entre filhotes e adultos
A RJPET disponibilizou para adoção doze gatos e sete cachorros, entre filhotes e adultos. Foto por Divulgação

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas