Professor é investigado por mandar nude para alunos do 7º ano do Ensino Fundamental

Docente disse que há um "preconceito generalizado" com a nudez

Enviado Direto da Redação
"Bom dia, pelados", disse o professor na mensagem

"Bom dia, pelados", disse o professor na mensagem

Foto: Divulgação

Um professor de Artes de uma escola estadual em Campinas, São Paulo, está sendo investigado por ter enviado uma foto nu no grupo de Whatsapp dos alunos do 7º ano do Ensino Fundamental, na última quinta-feira (15).

O professor admitiu que cometeu um erro, após causar indignação nos pais, porém o docente disse, ao portal UOL, que "na arte sempre existiu o nu" e que o tema precisa ser discutido, já que há um "preconceito generalizado" com o tema.

Acompanhada da mensagem: "Bom dia, pelados. Com achocolatado gelado e corpo pelado. Ótimo dia de chuva a todos. Beijos, pelados", a foto foi enviada logo pela manhã, às 7h45. Antes de enviar a foto, o docente já havia enviado mensagens sobre o naturismo, que é um movimento que defende a prática do nudismo.

Com a rápida circulação da mensagem, uma mãe decidiu registrar um boletim de ocorrência na 1ª Delegacia da Mulher, onde o professor será investigado por divulgação de pornografia a crianças e adolescentes. 

Veja também