Prefeitura interdita por reincidência restaurante que promovia aglomeração

Estabelecimento devem ficar fechado por sete dias

Enviado Direto da Redação

Conduta segue vedada na Fase 6B do plano de retomada

Conduta segue vedada na Fase 6B do plano de retomada

Foto: Divulgação

A Prefeitura do Rio, por meio da Subsecretaria de Vigilância Sanitária, interditou na noite de sexta-feira o restaurante Pato com Laranja, na Rua Visconde de Pirajá, numero 539, em Ipanema, na Zona Sul do Rio. 


Os fiscais da pasta vinculada à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) já haviam constatado aglomeração dentro e fora da do estabelecimento no dia 26 de setembro quando foi multado. 


Na ocasião, a aglomeração foi controlada pela equipe da Vigilância, que orientou ainda que o restaurante organizasse o acesso e diminuísse a concentração de clientes por metro quadrado, respeitando o distanciamento. 


São consideradas gravíssimas as infrações dos estabelecimentos que permitirem aglomerações, com infrações de R$ 15 mil a R$ 26 mil, esse último valor é em caso de reincidência. A interdição nesses casos é de sete dias.


Para voltar a funcionar, o estabelecimento precisa cumprir as exigências que constam no termo de intimação recebido no ato da interdição. Depois disso, entrar em contato com a Central 1746 solicitando a desinterdição. A central, por sua vez, aciona a Vigilância Sanitária, que envia equipe novamente ao local para checar se todas as exigências estão sendo cumpridas.  


Desde o início da pandemia, em março, a Vigilância Sanitária fez 11.271 inspeções com foco em coibir o descumprimento das Regras de Ouro, a falta de condições higiênico-sanitárias, e aglomerações nos estabelecimentos. Foram aplicadas 4.935 infrações e  298 estabelecimentos foram interditados.

Veja também