Jiboia é encontrada em cemitério na Região Oceânica de Niterói

O animal tem um pouco mais de um metro

Enviado Direto da Redação
Apenas em setembro deste ano, foram resgatados 767 animais

Apenas em setembro deste ano, foram resgatados 767 animais

Foto: Divulgação/Ascom Niterói

Uma jiboia com pouco mais de um metro de comprimento foi resgatada na manhã desta quinta-feira (15), no cemitério São Lázaro, em Itaipu, em Niterói. Segundo a prefeitura do município, de janeiro até setembro deste ano foram resgatados ao todo 1.975 animais, destes cerca de 767 resgates foram apenas em setembro. 


Segundo informações dos agentes da Guarda Municipal, eles receberam um chamado para o caso através do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), pelo número 153. Quando eles foram ao local resgatar o animal, este já estava dentro de um cesto contido. 


Os agentes, que tem diferentes instruções para cada caso, geralmente capturam o animal e, em seguida, avaliam fisicamente estes animais e decidem se devem ou não reintegrar o animal na unidade de conservação mais próxima. Isso é decidido verificando se o animal tem algum ferimento, por exemplo. No caso da jiboia ela foi reintegrada à natureza no Parque Estadual da Serra da Tiririca (Peset). 


Caso o animal possua algum ferimento, ele é encaminhado para instituições de estudos ou locais que realizem projetos ambientais que protejam o bicho.


Vale lembrar que os Guardas Municipais possuem um treinamento específico para resgatar os animais e preservar o ecossistema do município, por isso, a recomendação é que os moradores sempre liguem para o 153 quando encontrarem um animal silvestre que deva ser resgatado. Os guardas também comunicam que a pessoa que encontrar o animal deve manter distância dele e não alimentá-lo até que os agentes cheguem. 

Veja também