Chuva traz medo a quem mora próximo de encostas em Niterói

As obras de contenção estão paralisadas no Baldeador

Enviado Direto da Redação
Algumas das casas foram interditadas pela defesa civil após o deslizamento

Algumas das casas foram interditadas pela defesa civil após o deslizamento

Foto: Divulgação

Por Tatiana Gomes


Após reportagem do OSG relatando o desespero dos moradores do bairro Baldeador, depois que uma encosta da Estrada Amaral Peixoto desabou e invadiu suas casas, o medo volta a bater à porta. Passando por um período de chuvas intensas no município de Niterói, as casas dessas família dão sinais de alerta, com rachaduras e goteiras intensas. 


Quem vive no local está com medo do desabamento dos imóveis, e também de novos deslizamentos da encosta. "A situação vem se agravando cada vez mais com essas chuvas", relatou  Leonardo Fernandes, de 45 anos, morador do local que teve a casa atingida.


Após a prefeitura de Niterói dispor de equipes para trabalhar na contenção da encosta e reparo das casas danificadas, novamente a obras voltaram a ser paralisadas, segundo moradores, 'devido a falta de um aditivo no contrato'.


Questionada novamente sobre o caso, a prefeitura informou que 'a Secretaria Municipal de Defesa Civil e Geotecnia de Niterói informou que foi realizada a análise de risco da área e o parecer foi encaminhado para a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH) e para a Emusa, para que sejam tomadas as providências em relação à obra e ao suporte às famílias'.


*Estagiária sob supervisão de Marcela Freitas 

Veja também