Presidiários do Rio recebem atendimento médico online

A ação faz parte do projeto 'Amor que Cura'

Enviado Direto da Redação
Foto de sessão de atendimento via telemedicina.

Foto de sessão de atendimento via telemedicina.

Foto: Divulgação


Em razão de uma parceria entre a Secretaria de Administração Penitenciária, através da Superintendência do Estado de Gestão de Saúde e o projeto 'Amor que Cura', vem possibilitando a realização de atendimentos médicos, por meio de chamadas de vídeo, para presos do sistema prisional fluminense.



A ação de atendimentos via telemedicina aos detentos começou a ser realizada na última quinta-feira (30), no Instituto Penal Cândido Mendes, no Centro do Rio, através do programa online 'Conexa Saúde'. Através de médicos voluntários, a Plataforma disponibilizado o atendimento médico por telemedicina. O serviço é realizado nos ambulatórios das unidades prisionais, na presença de profissional de saúde e também um policial penal, para garantir a segurança.



O atendimento funciona da seguinte forma: agentes da Superintendência ds Saúde da Seap seleciona os internos que precisam de ajuda médica, e agendam a consultam online. Os receituários e medicações prescritos ficam na sede do Projeto, na Tijuca, e posteriormente serão separados e entregues aos detentos.



Diante da pandemia de Covid-19, o projeto visa aumentar a cobertura de atendimento médico online, que antes realizado através de mutirões de saúde presenciais nas unidades prisionais.

Veja também