Facebook acata decisão do STF e bloqueia perfis no exterior de bolsonaristas

Multa havia aumentado de R$ 20 mil para R$ 100 mil por dia à empresa

Enviado Direto da Redação
Ministro Alexandre de Moraes do STF aumentou multa para o Facebook caso não respeitassem a decisão

Ministro Alexandre de Moraes do STF aumentou multa para o Facebook caso não respeitassem a decisão

Foto: Divulgação/STF

O Facebook resolveu acatar a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF) de bloquear, internacionalmente, as contas de bolsonaristas investigados no inquérito das fake news. Em um anúncio publicado neste sábado (1), a rede social disse que voltou atrás do seu posicionamento após a ameaça de responsabilização criminal.


“Devido à ameaça de responsabilização criminal de um funcionário do Facebook Brasil, não tivemos alternativa a não ser cumprir a ordem de bloqueio global das contas, enquanto recorremos ao STF”, afirmou a empresa, em nota. O texto critica a decisão, alegando que a medida do ministro é “extrema” e põe em risco a “liberdade de expressão fora da jurisdição brasileira”, escreveu a rede social.


Foi anunciado na última sexta (31), que Alexandre Moraes havia aumentado a multa por dia, de R$ 20 mil para R$ 100 mil caso o Facebook não respeitasse o decreto.

Veja também