UERJ aprova aulas remotas a partir de setembro

A duração será de 13 semanas

Escrito por Redação 31/07/2020 17:38, atualizado em 31/07/2020 12:06
A duração será de 13 semanas
A duração será de 13 semanas . Foto: Divulgação

Por Tatiane Gomes*


O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Estadual do Rio de janeiro (UERJ), decidiu nesta quinta-feira (30), a aprovação do planejamento e a execução do Período Acadêmico Emergencial (PAE). O calendário acadêmico passará a ser composto por um PAE, com duração de 13 semanas e, enquanto este período ainda estiver me vigor, serão oferecidas atividades remotas, em razão da pandemia do Covid-19.


Para isso, um novo prazo para inscrição em disciplinas será iniciado no dia 3 de setembro, segundo o novo calendário de emergência. Quanto aos reclassificados do vestibular 2020, as inscrições serão abertas em agosto, de forma online, pelo Portal do Vestibular.


Durante o sistema de PAE os alunos receberão de sua unidade acadêmica Atividades Letivas Emergenciais (ALE) por meios digitais, possuindo a mesma carga horária das aulas presenciais, com exercícios a serem realizados a qualquer momento do dia. Nesse período, os alunos são dispensados da obrigação de manter uma frequência presencial. No entanto, dependendo da proposta pedagógica, poderá haver um controle de participação.


Para favorecer ainda mais a inclusão para todos os alunos, a UERJ diminuirá o número mínimo de matérias exigida no semestre, que poderá ser até uma, obrigatória ou seletiva. O calendário também irá possibilitar um período de Solicitação de Alteração de Inscrição em Disciplinas (SAID), que será disponibilizado  de 14 a 28 de setembro, mas mesmo depois do prazo será possível o cancelamento de matéria (até 30 dias depois dessa data).


Aqueles que estiverem impedidos de realizar as atividades online terão a possibilidade de realizar um trancamento especial, sem serem prejudicados, ainda que estejam em seu primeiro período, como calouros na universidade.


"As expectativas dos pesquisadores da área de epidemiologia eram que o retorno fosse em setembro. Contudo, as ações políticas de gerenciamento da pandemia não seguiram parâmetros científicos e epidemiológicos. Em abril percebemos que não seria possível retorno presencial ou semi-presencial para as atividades letivas. Por isso, nós começamos a estudar um sistema de ensino emergencial remoto", explicou Ana Santiago, diretora da FFP São Gonçalo. 


De acordo com Santigo, a proposta da UERJ  é que o semestre remoto seja opcional, para que o aluno estude durante a pandemia, se puder ou se sinta confortável com esse método ensino. A boa notícia é que  os alunos que possuem bolsa de permanência,  não as perderão se não estiverem cursando o semestre remoto.


"É importante entendermos que é uma ação emergencial. Não estamos tornando nossos curso em cursos de Educação a Distância. Eles são cursos presenciais e continuarão a ser, mas usarão mediação tecnológica em um período emergencial para garantir aos alunos aulas seguras. Não é seguro retornar de forma presencial ou semi-presencial. Não iremos oferecer todas as disciplinas, mas todas que são necessárias aos alunos que podem concluir os cursos serão oferecidas", pontuou a diretora.


Confira as principais datas do Calendário Acadêmico 2020.1:


Inscrições em disciplinas: 3 a 9 de setembro


Início das aulas: 14 de setembro

SAID: 14 a 28 de setembro

Término das aulas: 12 de dezembro


Término do semestre: 19 de dezembro


Para mais informações sobre o PAE (Período de Acadêmico Emergencial), acesse o link: .https://issuu.com/ceh_uerj/docs/material_ceh_perguntas_e_respostas_sobre_ale_vers_/1?ff.


*Estagiária sob supervisão de Marcela Freitas 


Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas