Foragida desde junho, esposa de Queiroz volta para casa para cuidar do marido

Márcia Aguiar espera agora orientações para colocar tornozeleira eletrônica

Enviado Direto da Redação
Márcia Aguiar voltou para casa no Rio para acompanhar marido, Fabrício Queiroz

Márcia Aguiar voltou para casa no Rio para acompanhar marido, Fabrício Queiroz

Foto: Reprodução/ Internet

Márcia Aguiar, esposa do ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, já está em casa após ficar foragida da Justiça desde o dia 18 de junho. O escritório de advocacia que defende o casal confirmou que ela está na residência do casal, na Zona Oeste do Rio, no bairro da Taquara. Os dois são investigados por participação na 'rachadinha' do gabinete do filho do presidente Jair Bolsonaro, quando ele era deputado estadual no Rio.


Márcia fugiu assim que Queiroz foi preso em um dos imóveis de Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro, em Atibaia, São Paulo. A assessoria do casal não soube informar como Márcia chegou até o local e nem a que horas.


A ex foragida aguarda agora instruções da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) para saber com será colocada a sua tornozeleira eletrônica. O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Noronha, concedeu prisão domiciliar para os dois na última quinta (9), enquanto a mulher de Queiroz ainda estava foragida.


No pedido de prisão domiciliar, a defesa de Queiroz alegou que a esposa do ex-assessor deveria ficar ao seu lado para ajudá-lo, já que seu estado de saúde requer atenção.

Veja também