Moradores denunciam queima de lixo na comunidade do Morro do Feijão

Cinzas e fuligem se espalham pelas casas da vizinhança

Enviado Direto da Redação
A queima do lixo gera problemas para a qualidade de vida da população ao redor

A queima do lixo gera problemas para a qualidade de vida da população ao redor

Foto: Arquivo OSG

Por Ana Carolina Moraes*


Moradores de ruas ao redor da comunidade do Morro do Feijão, no Patronato, em São Gonçalo, denunciam a queima irregular de lixo no local. A combustão do material estaria causando problemas para os mais diversos moradores que tem casas próximas ao morro, isso porque a fumaça, decorrente do incêndio do lixo, se espalha facilmente pelo local, assim como as cinzas do procedimento, que sujam as casas de toda a vizinhança. 


De acordo com um morador que preferiu permanecer em anonimato, a queima do lixo na comunidade ocorre todos os dias por volta das 17h. 


"Toda a tarde somos obrigados a respirar fumaça e o piso das casas ficam repletos de cinzas e fuligem. Temos todo dia que varrer e lavar nossas casas por causa das cinzas", informou o denunciante.


O morador ainda informou que não entende o motivo para a queima do lixo, já que existe um serviço de coleta desse material no local. Segundo o homem, toda segunda, quarta e sexta um caminhão de lixo passa recolhendo o material de todos os moradores na comunidade. 


Segundo outra moradora, a mesma já entrou em contato com a Secretaria do Meio Ambiente de São Gonçalo para falar sobre o caso. No momento, ela teria recebido a resposta de que o processo estava em análise e que ele teria que esperar, já que haviam outras denúncias na frente que estavam sendo apuradas.


Procurada a Prefeitura de São Gonçalo ainda não respondeu a solicitação. 


*Estagiária sob supervisão de Marcela Freitas 

Veja também