Bolsonaro se reúne com youtubers que apoiam o seu governo

Foto foi divulgada nas redes sociais

Enviado Direto da Redação
O evento ocorreu na manhã deste sábado (23)

O evento ocorreu na manhã deste sábado (23)

Foto: Reprodução/Twitter

O presidente Jair Bolsonaro se encontrou com youtubers que apoiam o seu governo na manhã deste sábado (23), no Palácio da Alvorada, para um café da manhã. O encontro, que não estava na agenda oficial do presidente, contou com as deputadas Carla Zambelli (PSL-SP) e Bia Kicis (PSL-DF). Na reunião, os youtubers mostraram total apoio ao presidente, mesmo após o vídeo vazado pelo ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que mostra uma possível interferência de Bolsonaro na Polícia Federal (PF), como acusou Sérgio Moro.


O vídeo que foi usado para provar que Bolsonaro tentou interferir na Polícia Federal (PF) foi divulgado ontem (22), e mobilizou a internet. No entanto, segundos os próprios youtubers que estavam no encontro, como o público deles é bolsonarista, o vídeo não causou muito impacto negativo nessa população.


"Não teve uma impressão negativa sobre o vídeo na visão desses Youtubers porque o público deles é bolsonarista", disse Carla sobre o que os youtubers "de direita" falaram sobre o vídeo divulgado. Ainda segundo a deputada, um outro youtuber falou que o vídeo praticamente "reelegeu" Bolsonaro. "Assim, é o que todo mundo está falando. Esse vídeo praticamente reelegeu o presidente antecipadamente", comentou a deputada ao Broadcast Político.


O vídeo em questão, que está sendo usado contra Bolsonaro em uma denúncia feita por Sérgio Moro, mostra que o presidente, em uma reunião com outros ministros, afirmou que teria tentado trocar "gente da segurança nossa no Rio de Janeiro", mas não conseguiu. No mesmo vídeo, Bolsonaro critica o isolamento social em decorrência da pandemia do novo coronavírus e afirma que a população deve se armar para evitar a ditadura.


"E isso acabou. Eu não vou esperar f... a minha família toda, de sacanagem, ou amigos meu, porque eu não posso trocar alguém da segurança na ponta da linha que pertence à estrutura nossa. Vai trocar! Se não puder trocar, troca o chefe dele! Não pode trocar o chefe dele? Troca o ministro! E ponto final! Não estamos aqui pra brincadeira", diz ele ainda no vídeo para falar sobre os motivos que o levaram a tentar influenciar na PF.


A deputada Bia Kicis foi quem divulgou a foto do encontro entre o presidente e os youtubers nas redes sociais. Com a legenda: "Encontro do Presidente @jairbolsonaro com YouTubers de direita. Todos felizes por conhecerem finalmente o Presidente que apoiam DE GRAÇA", a parlamentar comentou sobre o posicionamento desses youtubers.


Os youtubers que estiveram com Bolsonaro devem participar do ato a favor do presidente que vai ocorrer amanhã (24), às 10h. "Os Youtubers combinaram que nesta semana eles viriam (para a manifestação)", disse Carla Zambelli à imprensa.

Veja também