Contra novo protocolo da cloroquina, secretário de Ciência e Tecnologia pede demissão

Carvalho ficou no cargo por 18 dias

Enviado Direto da Redação
Bolsonaro conseguiu ampliar o protocolo para uso do medicamento cloroquina para pacientes com coronavírus

Bolsonaro conseguiu ampliar o protocolo para uso do medicamento cloroquina para pacientes com coronavírus

Foto: Reprodução/ Facebook

O governo publicou no Diário Oficial, na madrugada desta sexta (22), a exoneração do secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde do Ministério da Saúde, Antonio Carlos Campos de Carvalho. De acordo com o Ministro da Casa Civil, o general Walter Souza Braga Netto, Carvalho havia pedido para sair do cargo.

Durante uma entrevista para o jornal Folha de S.Paulo, Carvalho já havia manifestado seu desejo de sair do ministério por ir contra a mudança do uso de cloroquina. Carvalho era responsável, segundo o site do Ministério da Saúde, pelo desenvolvimento da capacidade científica, tecnológica e produtiva nacional para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

Carvalho ficou no cargo por um período de 18 dias. 

Veja também