Secretário do Rio prevê nova data de pico da doença na cidade

Para que isso ocorra, as pessoas devem manter o isolamento

Enviado Direto da Redação
O secretário estadual da Saúde espera que o pico da doença seja em maio

O secretário estadual da Saúde espera que o pico da doença seja em maio

Foto: Reprodução/Internet

A pandemia do coronavírus tem atingido diversos locais pelo mundo e vem causando problemas em no sistema de saúde, inclusive o da cidade do Rio de Janeiro. Por causa disso, foi decretado o isolamento social. Com essa medida, os estados esperam reduzir em 70% a circulação de pessoas nas ruas e, dessa forma, diminuir a proliferação do Covid-19. Por causa disso, o Rio vem tomando medidas para diminuir cada vez mais o número de pessoas nas ruas e, caso isso ocorra, o secretário estadual de Saúde, Edmar Santos, tem uma nova previsão para quando será o pico do coronavírus no país, que "deve ocorrer entre a terceira e quarta semana" de Maio.


"Não sabemos se vai ter um decréscimo depois desse pico ou se ele vai atingir um platô, como aconteceu nos Estados Unidos, mas o importante é entender que agora precisamos manter o isolamento", disse o secretário em uma reunião virtual na última segunda-feira (11), com os deputados estaduais e os membros do Ministério Público do Rio (MPRJ).


Ainda segundo Edmar, para cada paciente que apresenta um resultado positivo de caso de infecção pelo coronavírus, existem 15 casos de pessoas não confirmadas.


Vale lembrar que a última previsão do pico da doença afirmou que a curva de mortos estaria em seu máximo em maio e junho.

Veja também