Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,0741 Euro down 5,2058
Search

Presidente da RioLuz morre após complicações causadas pelo novo coronavírus

Max morreu nesse sábado (25), no Hospital São Lucas, em Copacabana

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 26 de abril de 2020 - 17:20
Segundo o amigo de Max, ele estava esperando o segundo filho
Segundo o amigo de Max, ele estava esperando o segundo filho -

O presidente da RioLuz e executivo de alto escalão da Prefeitura do Rio, Maxi Kelli Motta, de 41 anos, morreu neste sábado, no Hospital São Lucas, em Copacabana, Zona Sul do Rio, após sofrer complicações causadas pelo novo coronavírus. A informação foi confirmada pela Prefeitura.

Max, que era funcionário do Tribunal de Contas do Município, foi cedido à Prefeitura para chefiar a RioLuz. 

Em nota, a Prefeitura emitiu um comunicado de pesar e lamentou a morte do funcionário que "por sua competência, honestidade e espírito publico, conquistou o respeito e a admiração de todos os seus colegas. Pedimos a Deus que console a família e os amigos nesse momento de saudade, tristeza e dor", diz. 

Segundo o ex-secretário municipal de Conservação, Roberto Nascimento, amigo de Max, a esposa dele está grávida do segundo filho. 

Matérias Relacionadas