Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down Euro down 5,4907
Search

Justiça proíbe os cultos presenciais da igreja de Silas Malafaia durante quarentena

Pastor havia se manifestado contra as restrições de isolamento

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 10 de abril de 2020 - 16:00
Justiça determinou a suspensão dos cultos da igreja de Silas Malafaia durante período de isolamento
Justiça determinou a suspensão dos cultos da igreja de Silas Malafaia durante período de isolamento -

A Justiça do Rio de Janeiro determinou na última quinta (9), a proibição da realização dos cultos presenciais da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, liderada pelo pastor Silas Malafaia, durante o período de quarentena. Caso a determinação seja descumprida, o pastor deverá pagar uma multa de R$ 10 mil.

Anteriormente, o Ministério Público havia pedido a restrição dos cultos, após Malafaia se manifestar publicamente contra as medidas de restrição, recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O desembargador Agostinho Teixeira afirmou:

“O que se debate é a possibilidade de uma limitação temporária de parte desses serviços. Penso que, nesse estado de crise, sem precedentes, as igrejas também devam suspender as suas atividades presenciais, resguardando assim a saúde e o direito fundamental à vida", disse ele.

Matérias Relacionadas