Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar up 5,0950 Euro down 5,2402
Search

Grupo inicia corrente do bem para doar alimentos a famílias prejudicadas pela pandemia

Ação começou com voluntários de Saquarema, na Região dos Lagos

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 03 de abril de 2020 - 16:50
Grupo faz arrecadação de alimentos para pessoas prejudicadas pela pandemia do coronavírus
Grupo faz arrecadação de alimentos para pessoas prejudicadas pela pandemia do coronavírus -

Por Thalita Queiroz*

Uma corrente do bem está circulando nos grupos do Whatsapp com apenas uma intenção: fazer o bem para quem tanto precisa neste período de pandemia pelo coronavírus. Voluntários de Saquarema, na Região dos Lagos do Rio, que se reúnem há 6 anos para fazer mutirão de doação de sangue e doação de cestas básicas, intensificaram uma corrente entre os seus contatos.

A mensagem repassada é: “Se você está sem emprego, não recebe ajuda de ninguém e terminou o estoque de comida, por favor não vá dormir sem comer. Me escreva em privado, sem constrangimento, o que eu puder ajudar, terei o prazer em compartilhar com você. Nós iremos superar este momento, tudo vai ficar bem, mas temos que estar unidos”.

Porta voz do grupo que conta hoje com 250 pessoas, Fábio Silva, de 40 anos, é sub tenente do Corpo de Bombeiros de Saquarema e revelou que além das mensagens pelo Whatsapp, eles estão espalhando por toda a cidade uma cesta vazia para que as pessoas possam colocar alimentos dentro. Junto da caixa, vem uma mensagem e o telefone dele, para que ele seja avisado que há doações chegando.

“Logo em seguida, a gente recolhe os alimentos e monta as cestas básicas, e doamos para quem mais precisa. Nesse período de quarentena, sabemos que tem muito mais gente precisando da nossa ajuda”, diz ele.

Além da distribuição de cestas básicas, o grupo foca em ações para incentivar a doação de sangue, já que nesse período de isolamento social, as doações foram diminuindo. O grupo revela ainda que seria muito bom que outras pessoas pudessem seguir a corrente e fazer a ação nas suas respectivas cidades. “Nos momentos mais difíceis, podemos fazer a diferença na vida de outras pessoas que estão precisando”, diz Fábio.

Para quem quiser ajudar o grupo, é possível entrar em contato com Fábio no telefone 22 97400-8285. Ou caso queira fazer uma doação em dinheiro, segue a conta:

Fábio Silva, Bradesco/ Agência: 2122 / Conta corrente: 0555025-4. Ou Itaú/ Agência: 4848/ Conta corrente: 03104-5

*Estagiária sob supervisão de Cyntia Fonseca

Matérias Relacionadas