Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down Euro down
Search

Presidente das Filipinas autoriza polícia a matar quem desrespeitar quarentena

Anúncio fio feito em rede nacional

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 02 de abril de 2020 - 13:11
O presidente Rodrigo Duterte é conhecido por suas falas polêmicas
O presidente Rodrigo Duterte é conhecido por suas falas polêmicas -

Durante pronunciamento oficial, o presidente de extrema-direta das Filipinas, Rodrigo Duterte, anunciou em rede nacional que autorizou a polícia a matar quem estiver "causando problemas" durante o período de quarentena no país.

"As minhas ordens são para policiais e aos militares, incluindo os funcionários nos vilarejos, que se há problemas ou se surgir situações em que pessoas briguem, e a sua vida está em perigo, disparem e matem", afirmou Duterte.

O presidente fez a declaração após um dia intenso de protestos contra as medidas de restrição no país. O protesto realizado na capital, Quezon, terminou com 21 presos.

"Ao invés de você causar problema, eu te mandarei para o túmulo", reforçou.

Até o momento, o país tem 107 mortos e 2.633 casos confirmados de covid-19. Embora grande parte do território das Filipinas esteja em quarentena obrigatória, o governo ainda não anunciou medidas de auxílio econômico para os trabalhadores.

Matérias Relacionadas