Após chuvas, ruas de Rio Bonito desabam e moradores não têm retorno da Prefeitura

A Defesa Civil já havia sido avisada sobre umas das ruas que estava cedendo antes mesmo das chuvas

Enviado Direto da Redação


Por Tatiane Gomes*


Após as fortes chuvas que atingiram o município de Rio Bonito no último final de semana, as marcas de destruição na cidade ainda persistem. De acordo com moradores da região, devido aos estragos, muitas ruas estão intransitáveis, impedindo a circulação necessária de pessoas pela cidade. A Travessa Irineu Lemos, no Centro e a Estrada Oswaldo Lemos, no bairro do Cajueiro, antes movimentadas, agora se encontram abandonadas após os desabamentos.


Ainda de acordo com os habitantes do local, a Travessa Irineu Lemos já estava cedendo e devido a uma obra ainda não finalizada pela Secretaria de Obras do município, após a última chuva a situação piorou e fez a rua desabar.


"Fizeram tudo com má vontade. Arrebataram por duas vezes minha eletricidade e quando eu ia falar do problema, eles esbravejavam, jogavam a enxada com raiva no chão, para demonstrar o ódio que estava de mim, por fiscalizar o trabalho deles", apontou uma moradora, que não quis ser identificada.


Segundo outra fonte, que também não quis se identificar, a prefeitura também suspendeu o serviço de caçamba de descarte de resíduos sólidos, e por conta disso, muitas pessoas que perderam seus móveis com as chuvas têm deixado os objetos nas ruas.


"É uma situação precária. Os moradores estão até hoje esperando esse serviço, até por que eles não têm condições de pagar um transporte próprio para esses objetos", explicou a fonte.


O SÃO GONÇALO entrou em contato com a Secretaria de Comunicação Social e também com a Secretaria de Obras de Rio Bonito, mas não houve retorno até a publicação desta matéria.


Estagiária sob supervisão de Cyntia Fonseca*

Veja também