Empresário baleado na Niterói-Manilha tem risco de cegueira total

Segunda a filha do homem, o tiro entrou pelo olho esquerdo do pai e saiu pelo direito

Enviado Direto da Redação
Paulo Alves Cardoso, foi atingido com um projétil que perfurou o globo ocular esquerdo e danificou o direito

Paulo Alves Cardoso, foi atingido com um projétil que perfurou o globo ocular esquerdo e danificou o direito

Foto: Reprodução/Internet


O empresário Paulo Alves Cardoso, que foi baleado na Rodovia Niterói-Manilha (BR-101) na tarde dessa terça-feira (14) em uma tentativa de assalto, perdeu a visão de um olho e pode ficar totalmente cego. Paulo foi levado para o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê, onde passou o dia em cirurgia.


A filha do empresário informou que a bala que atingiu o pai entrou pelo olho esquerdo e saiu pelo direito, fazendo com que ele perdesse totalmente o primeiro globo ocular atingido.


Ainda de acordo com ela, o olho direito não está respondendo a estímulos, mas os médicos não têm como dar o parecer total até o momento. Com isso, ela torce para que o pai fique com pelo menos parte da visão do olho direito.


Paulo fazia o trajeto pela rodovia a caminho de uma unidade de saúde onde a filha fazia um tratamento de endometriose no Rio, quando foi surpreendido por assaltantes na altura de Itaúna, em São Gonçalo. Abalado, o empresário teria pisado no freio e o carro deu um tranco. Nesse momento, os criminosos se assustaram e dispararam contra ele, fugindo do local sem levar nada.

Veja também