Quinta-feira de água escura e muito lixo no Piscinão de Ramos

E em São Gonçalo, área onde funcionava o Piscinão segue com promessas

Enviado Direto da Redação
Piscinão de Ramos sem condições de uso pelos banhistas

Piscinão de Ramos sem condições de uso pelos banhistas

Foto: Divulgação/Leonardo Sales/Rádio93FM


O Piscinão de Ramos amanheceu nesta quinta-feira (09) com a água escura e cheio de lixo.  Especialistas recomendam que o banho seja evitado no espaço, umas das principais áreas de lazer da Zona Norte do Rio. As informações são do portal Rádio 93FM.


A Fundação Rio Águas informou que a estação de tratamento do piscinão opera 24 horas, que os níveis de cloro se mantêm estáveis, e que a chuva ter provocado alguma alteração na cor da água.


O Inea declarou que ano passado foram feitas 18 análises de balneabilidade do espaço e que em nenhuma delas o Piscinão de Ramos foi considerado próprio para o banho.


Já em São Gonçalo, nem estrutura, nem água. Fechado desde 2014, o espaço onde funcionava o Piscinão de São Gonçalo, às margens da BR-101, continua inativo, sem qualquer manutenção.


Há um ano, a Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude informou que estudava a realização de parcerias com a iniciativa privada para reativar o Parque Ambiental Praia das Pedrinhas, conhecido popularmente como Piscinão de São Gonçalo.


Porém, não foi estabelecido um prazo para a possível reativação. Na época, a Prefeitura de São Gonçalo confirmou as informações da Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude, informando ainda que “o papel da Prefeitura seria de conservação, através da Subsecretaria de Parques e Jardins. A Prefeitura iniciará a limpeza do espaço assim que tiver autorização do Governo do Estado”.


A Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude, no entanto não estabeleceu um prazo para uma possível reativação da área de lazer. 

Veja também