Criança de três anos sobrevive após ter o cérebro perfurado por agulha

O acidente aconteceu enquanto a menina brincava de ser fada

Enviado Direto da Redação
O acidente aconteceu quando ela estava pulando em cima da cama, se desequilibrou e caiu

O acidente aconteceu quando ela estava pulando em cima da cama, se desequilibrou e caiu

Foto: Reprodução / International Journal of Pediatric Otorhinolaryngology

Uma criança, de apenas três anos, ficou conhecida como “a menina mais sortuda do mundo” após sobreviver a uma perfuração na cabeça enquanto brincava de ser fada. O acidente aconteceu quando ela estava pulando em cima da cama, se desequilibrou e caiu. Na queda, uma agulha entrou pela boca da menina, perfurou o crânio e atingiu o cérebro.

Ela foi rapidamente socorrida e levada para um hospital em Utah, nos Estados Unidos. Lá, os médicos descobriram que a agulha atingiu a hipófise e o hipotálamo, regiões responsáveis por hormônios e pela coordenação dos movimentos do corpo. No entanto, uma tomografia mostrou que os pequenos vasos sanguíneos dela estavam a salvo, apesar de ter perdido muito sangue.

A história da pequena norte americana foi virou artigo na revista Journal of Pediatric Otorhinolaryngology Case Reports, devido à sua raridade. Segundo o médico da Universidade de Utah e autor do trabalho, Matthew Miller, 70% a 90% dos casos como o dela levam a vítima a óbito, antes mesmo de dar entrada no hospital e metade dos sobreviventes morrem por causa da gravidade da lesão.

Apesar de não ter danos graves, a menina precisará fazer acompanhamento neurológico por toda a vida.

Veja também