Menino de 6 anos, que lutou contra câncer, ganha festa de loja do Flamengo

Festa foi promovida por loja no Shopping São Gonçalo

Enviado Direto da Redação

Por Thalita Queiroz*


Um sonho realizado e uma festa de aniversário que jamais será esquecida para um menino de apenas seis anos. Apaixonado pelo Flamengo, Cauã de Souza, recebeu uma grande surpresa ao comemorar comemorar mais um ano de vida. O plano seria fazer apenas um bolinho com quem ele chama de ‘amigos’, se referindo aos funcionários da loja do Flamengo, no Shopping São Gonçalo, mas os funcionários perceberam que o flamenguista apaixonado merecia muito mais.


A história de Cauã é marcada por uma trajetória de luta, aos quatro anos um caroço surgiu na área do pescoço dele, e sua mãe, Thassia Souza, de 31 anos, o levou até o médico e foi informada que o caroço iria desaparecer em pouco tempo. Não foi o que aconteceu, após um ano de diagnóstico errado, o tumor já estava na cervical, axila e tórax. No dia 10 de julho de 2018, Cauã foi diagnosticado com Tumor de Hodgkin, um tipo de câncer que compromete o sistema linfático.


“Cauã estava apenas com 4 anos e de lá para cá meu filho passou por 38 quimioterapias, quatro internações e alguns procedimentos cirúrgicos”, conta a mãe do menino.


Thassia relembra que o amor dele pelo Rubro Negro ficou ainda mais intenso nesse período.


“Ele começou a acompanhar tudo do time, ele jogava bola dentro do hospital e até chegou a receber um vídeo de apoio do jogador que atuava pelo Flamengo, Paquetá. Ele assistia aquilo todo dia”, relembrou. 


Cauã coleciona hoje momentos lindos com o clube que ama. A surpresa do aniversário dentro da loja do Flamengo foi mais uma que não vai ser esquecido pelo menino.


“Quando meu filho chegou na festinha ele chorou, foi um momento lindo”, contou Thassia que ainda revelou que durante o período em que o filho estava internado ela não chorou em nenhum momento, mas hoje as coisas mudaram um pouco. “Tudo que remete ao câncer eu choro. É muito gostoso ver todo esse carinho e a forma como meu filho está seguindo o caminho certo”.


A emoção não foi somente por parte da mãe e de Cauã, os funcionários da Loja do Flamengo vestiram a camisa junto com o menino. Ygor Gomes, de 24 anos, é gerente do estabelecimento do Shopping e Juan Lucas, de 22 anos, é sub gerente. Ambos nutrem uma relação de amor pela criança. A consideração foi tanta que eles que começaram a mobilização para tornar a festinha em uma festa inesquecível. 


“A relação que nós temos com a Thassia e com Cauã vai muito além de uma relação de vendedor e cliente, se tornou uma amizade mesmo. Nós gostamos muito dele e nos importamos. A primeira vez que a mãe dele veio na loja foi para personalizar a camisa “Eu venci o câncer”, logo em seguida ela trouxe ele até a loja e criamos esse laço”, conta o gerente Ygor. Os dois funcionários ganharam um presente bem especial de Cauã e da mãe. “Eles nos deram uma caneca escrito “Eu venci o câncer com sua ajuda”, isso significou muito pra gente”. 


Atualmente Cauã ainda não pode se dizer curado do câncer, mas sim em remissão. A mãe explica também que ele já está há um ano sem quimioterapia, mas que somente após cinco anos que pode-se dizer que ele estará curado. Enquanto isso, mãe e filho seguem na luta para afastar a doença de vez da vida deles. 


*Estagiária sob supervisão de Marcela Freitas

Veja também