Jornalista Augusto Nunes agride Glenn Greenwald, que logo revida; veja o vídeo

Augusto partiu para agressão após ser chamado de covarde

Enviado Direto da Redação
Augusto partiu para agressão após ser chamado de covarde

Augusto partiu para agressão após ser chamado de covarde

Foto: Reprodução/Internet

Nesta quinta-feira (7), os jornalistas Augusto Nunes e Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil, trocaram agressões ao vivo durante o programa Pânico, da rádio Jovem Pan.

Antes da agressão física começar, os dois já discutiam fortemente e, após Glenn chamar Augusto de covarde, Nunes partiu para a agressão física. "Você é um covarde, Augusto Nunes. Você é um covarde", dizia Glenn. Nunes em seguida responde: "Se falar em covarde... Eu vou te mostrar [...] Eu te mostro o que é covarde. Eu te mostro quem tem coragem.", disse enquanto tentava acertar um soco no jornalista americano. Glenn também partiu para cima e tentou revidar com outro soco.

A discussão teria começado quando Glenn chamou Nunes de covarde ao relembrar um comentário que ele teria feito anteriormente na rádio, onde mencionou o marido de Glenn, o deputado federal David Miranda (PSOL), e os dois filhos adotados por eles.

"Quem é que cuida das crianças que eles adotaram? Isso aí o juizado de menores deveria investigar.", disse Nunes na ocasião.

"O Glenn Greenwald passa o dia tendo chiliques no Twitter ou trabalhando como receptador de mensagens roubadas. Esse David fica em Brasília ou lidando com rachadinhas, que essa é a suspeita aí, que isso dá trabalho", completou ele.

O jornalista americano teria se irritado, pois diz que Nunes estaria usando seus filhos menores de idade como alvo. E hoje, ao relembrar o embate que tiveram nas redes sociais por conta das acusações, a agressão surgiu.

Em entrevista, Augusto Nunes disse que não se arrepende do que fez e que foi agredido primeiro, verbalmente, por Glenn.  "Eu reagi como qualquer homem reagiria", acrescentou. "O agredido fui eu. Eu reagi a uma agressão.", disse ele.

O jornalista disse que se considera um homem honrado e lembrou que os comentários que fez em relação aos filhos dele e do deputado David Miranda foram ironia.

Em uma rede social, Glenn postou um vídeo ressaltando que, em todos os seus anos de carreira, nunca passou por uma situação dessas, onde usam filhos menores de idade no debate político. 

Veja também