Família cria vaquinha para ajudar jovem com câncer

Demora no diagnóstico comprometeu sua saúde

Enviado Direto da Redação
Demora no diagnóstico comprometeu sua saúde

Demora no diagnóstico comprometeu sua saúde

Foto: Divulgação

Daniela Scaffo 


Desde que descobriu que possui uma neoplasia maligna uterina, a jovem Jéssica Teles Pinheiro Abílio, de 26 anos, que mora em Itaboraí, tem enfrentado dificuldades para  iniciar o tratamento, no Instituto Nacional de Câncer (Inca), e comprar materiais higiênicos. 


Segundo a mãe da jovem, a dona de casa Deiselene Teles Pinheiro, 43, Jéssica usa aproximadamente dois pacotes de absorvente diariamente por causa da quantidade de secreção expelida. Por isso, a família da jovem resolveu fazer uma vaquinha online, com objetivo de arrecadar R$5 mil e ajudar no tratamento.


A moça descobriu que sofre com o câncer há cerca de dois meses. Ela estava com um sangramento constante e não conseguia realizar o preventivo, devido a hemorragia.


"Todo vez que ela ia fazer o preventivo em um médico particular, não conseguia porque sangrava muito. Por último, ele passou uma colposcopia com biópsia (procedimento realizado para examinar a vagina, a vulva e o colo do útero), que a Jéssica fez pelo SUS. Porém, o resultado demorou uns dois meses", explicou Deiselene.


Jéssica tem dois filhos, de oito e dois anos, e, assim como a mãe, está desempregada, sem condições de arcar com as despesas da família.


"Minha filha trabalhava como operadora de caixa de um supermercado, mas agora está desempregada. Eu fui demitida da casa de família que eu trabalhava porque, quando descobri a doença de Jéssica, faltei muito para acompanhá-la ao médico. Hoje, eu, minha mãe, que é a avó de Jéssica, e os nossos amigos, que tem ajudado com questão de passagem até o Inca e na compra de material de higiene", declarou a mãe da jovem.


No momento, Jéssica está realizando os exames no Inca e irá iniciar o tratamento de radioterapia e quimioterapia. Por causa da demora no diagnóstico, a jovem acabou desenvolvendo uma anemia.

Quem quiser ajudar a jovem, pode cooperar através do link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-jessica-teles?utm_campaign=facebook ou através do telefone: 9 6870-6088

Veja também