Na véspera do Dia dos Finados, cemitérios registram grande movimentação

Famílias mantêm tradição nos cuidados com o túmulo

Escrito por Redação 01/11/2019 12:53, atualizado em 01/11/2019 13:53
Famílias mantêm tradição nos cuidados com o túmulo
Famílias mantêm tradição nos cuidados com o túmulo . Foto: Leonardo Ferraz

Daniela Scaffo 


O Dia dos Finados é celebrado em  2 de novembro, porém, tradicionalmente, algumas pessoas já começam a ocupar os cemitérios no dia anterior. Na manhã desta sexta-feira (1), o grande fluxo já era percebido em pelo menos dois cemitérios, de Niterói e São Gonçalo.


A advogada Maria Arina Motta, de 69 anos, que mora em Neves, foi uma das pessoas que esteve no cemitério para prestar homenagem aos seus ente queridos e fazer rezas. Ela tradicionalmente vai ao Cemitério São Gonçalo, no Camarão, onde seus pais e irmão estão enterrados, em três diferentes datas, incluindo Finados.


"A maioria das pessoas acham bobagem vir ao cemitério, mas eu venho sempre no dia anterior ao do finados, no Dia dos Pais e Dia das Mães. Meu pai comprou essa cova antes de falecer. Em janeiro ele nos avisou e em março ele morreu. Ainda explicou para a gente que comprou perto da entrada, porque era para a minha mãe não precisar andar muito", contou Maria, que levou flores amarelas, a cor preferida de seu irmão, que morreu há 15 anos.


O aposentado Hélio Pereira, 75, perdeu sua esposa há apenas cinco anos, mas mantém uma tradição que fazia enquanto ela estava viva: levar flores para a amada, que também está enterrada no Cemitério São Gonçalo.


"Ela foi o maior presente que Deus me deu e levou. Fomos casados por 43 anos e eu sempre dei muitas flores para ela. Desde que ela faleceu, eu venho e continuo trazendo as flores, como ela gostava", declarou.


O também aposentado Kleber da Costa, 85, foi com seus dois netos ao Cemitério Maruí, no Barreto, em Niterói, prestar homenagens a sua esposa, que faleceu em junho do ano passado. Desde então, a família vai ao local para deixar flores, um dia antes do Dia de Finados.


"Eu venho sempre que posso visitar o local onde minha esposa, Virgínia, está enterrada. Fomos casados por 58 anos e a nossa cerimônia de casamento aconteceu na capela aqui próxima ao cemitério. Eu venho com meus netos, a gente limpa tudo e deixa flores", explicou.


No mesmo cemitério, está o túmulo de Paulo César de Souza Medina, o Paulinho Milagreiro, que morreu afogado aos 8 anos, na Lagoa de Piratininga. O local onde o menino está enterrado recebe muitas visitas e homenagens. 


Desde que morreu, em 1972 , milagres foram atribuídos a criança. Durante o Dia de Finados, os devotos depositaram brinquedos, doces e flores no túmulo do garoto, na esperança de terem seus pedidos atendidos.


Data também é atrativa para comerciantes - Enquanto as pessoas usam o dia para homenagear seus ente queridos, comerciantes aproveitam a data para conseguir um dinheiro extra, vendendo flores, velas e até mesmo oferecendo serviços como lavagem de sepulturas e túmulos.


O cobrador de van Misael da Conceição, 36, explica que há pelo menos 15 anos, tira os dias que antecedem a data e o próprio dia de Finados, para fazer um serviço extra.


"Meu avô era coveiro, então eu já estou acostumado com o ambiente. Antigamente, o cemitério era muito mais visitado e a gente conseguia um valor maior. Hoje, para tirar R$200, tem que ralar muito", contou.


Samuel Pains, 18, é entregador de lanches. Esse é o terceiro ano que ele está fazendo o serviço de lavagem. Ele contou que viu a oportunidade enquanto passava pela rua, em uma das datas.


"Eu sinto medo de realizar o trabalho, mas é digno e ajuda muito as pessoas que querem deixar a cova limpinha. Esse ano estamos sem água aqui no cemitério, mas estamos contornando pedindo ajuda de vizinhos. Com esse trabalho, consegui comprar a minha bicicleta no ano passado", declarou.


Há pelo menos 20 anos, o gerente de hortifruti, Rogério Lima, 44, vai até o Cemitério São Gonçalo vender flores. Ele, inclusive, já tem cliente fixo. O local, no entanto, precisa ser ocupado nas primeiras horas da manhã do dia 1º.


No local, a dúzia das rosas estão custando R$15, a palma R$20 e os ramos R$5.


"Trabalhei por muito tempo apenas com flores, mas agora sou funcionário de um hortifruti. Agora, trabalho aqui nessas datas para conseguir um complemento. Esse ano, as flores estão com um preço excelente e com boa qualidade", disse Rogério, que saiu de casa 00h30 para comprar as flores e está na rua desde 4h da madrugada vendendo flores.


Prefeitura de SG prepara cemitérios municipais - Com a expectativa de receber milhares de visitantes, a Coordenadoria de Administração Funerária preparou um esquema especial para a data através de um trabalho de conservação, limpeza e pintura dos quatro cemitérios municipais.


Pensando na segurança e bem-estar dos visitantes, a Subsecretaria Municipal de Parques e Jardins realizou capina, pintura, revitalização e uma limpeza geral nos cemitérios. Todos eles funcionarão das 7h às 17h e terão uma estrutura para realização de missas durante todo o dia. Em relação ao trânsito, não haverá alteração, apenas um aumento no efetivo da Guarda Municipal de São Gonçalo próximo às unidades, com intuito de garantir bom trânsito de veículos e pessoas.


Com o objetivo de promover a prevenção, agentes do Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental percorreram cemitérios públicos e privados de São Gonçalo, realizando a eliminação de criadouros do Aedes aegypti e orientando os profissionais sobre os riscos da proliferação do mosquito. A ação ocorreu nesta quinta-feira (31) e tem como foco o Dia dos Finados. 

/Famílias mantêm tradição nos cuidados com o túmulo
Famílias mantêm tradição nos cuidados com o túmulo . Foto por Leonardo Ferraz
/01 11 Finados LEONARDO F
01 11 Finados LEONARDO F. Foto por Leonardo Ferraz
. Foto por Leonardo Ferraz
/01 11 Finados LEONARDO F
01 11 Finados LEONARDO F. Foto por LEONARDO F
/01 11 Finados LEONARDO F
01 11 Finados LEONARDO F. Foto por Leonardo Ferraz
/01 11 Finados LEONARDO F
01 11 Finados LEONARDO F. Foto por Leonardo Ferraz
/01 11 Finados LEONARDO F
01 11 Finados LEONARDO F. Foto por LEONARDO F
/01 11 Finados LEONARDO F
01 11 Finados LEONARDO F. Foto por Leonardo Ferraz

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas