Grupos realizam ações sociais no Dia das Crianças

Eventos acontecerão em vários pontos de São Gonçalo

Enviado Direto da Redação
Eventos  acontecerão em vários pontos de São Gonçalo

Eventos acontecerão em vários pontos de São Gonçalo

Foto: Div/ SOS Lixão

Daniela Scaffo 


No próximo dia 12, é comemorada a data que todos os pequeninos esperam: o Dia das Crianças. Nessa época, é comum que grupos se reúnam para realizar ações sociais com muitas brincadeiras e presentes. 


Em São Gonçalo, serão realizadas três ações desse tipo. Uma delas, está em sua terceira edição e vai acontecer no Mutondo, mais especificamente na Travessa Ramos, no Campo do Tatu, a partir de 12h. 


Segundo um dos organizadores do evento, o microeempreendedor na área de consultoria, Luiz Alexandre Silva dos Santos, de 24 anos, a ação nasceu com o objetivo de proporcionar  um dia diferente para as crianças que carecem de uma praça no bairro Mutondo e contam com pouquíssimo lazer na cidade.


"Infelizmente, no bairro Mutondo não há uma praça, e as crianças se divertem jogando bola nos campos do Jaime e Tatú. Foi observado a necessidade de um dia de lazer e a Cleia, esposa do seu Márcio, e o seu José, começaram anualmente a colocar um pula-pula e doar doces e brinquedos para os filhos dos seus clientes. A ação foi crescendo e em 2017 me pediram ajuda para que a festa anual tivesse um suporte maior e entrei na articulação de patrocínio e em busca de mais doações para atendermos a demanda de crianças presentes no evento", explicou Luiz Alexandre.


No dia do evento, o grupo espera receber cerca de 200 crianças. Além da distribuição de brinquedos, também serão realizados cortes de cabelo para crianças e muita diversão com o DJ Rogerinho do Querô e Pagode do Adame, ambos de São Gonçalo.


Itaoca: O grupo SOS Lixão de Itaóca também irá realizar uma ação voltada para o Dia das Crianças, dessa vez, no domingo, dia 13. A iniciativa nasceu há cerca de oito anos e mobiliza voluntários para ações em datas comemorativas, como Natal, Páscoa e Dia das Crianças. A ação foi criada pelo fotógrafo Alex Ramos, que conheceu a situação do lixão e se sensibilizou pelo que viu entre as lentes das câmeras.


"Eu vi o sofrimento daquelas pessoas e tive a ideia de comprar brinquedos no Natal e tentamos amenizar o sofrimento deles de alguma forma. Falei com o pessoal do meu trabalho na época, arrecadamos dinheiro e fomos lá entregar para as crianças. Compartilhei as fotos no Orkut, que era a rede social usada em 2011, e na ação seguinte, recebemos ainda mais voluntários. Agora temos um grupo no Facebook e recebemos cada ano mais e mais pessoas", contou o fotógrafo.


O projeto não recebe nenhuma contribuição privada ou governamental, e mobiliza voluntários para ações de solidariedade aos moradores do entorno do Lixão de Itaoca, no Complexo do Salgueiro, que foi desativado em 2012. Dessa vez, o grupo, que tem mais de 300 voluntários, está recebendo alimentos não perecíveis, água, produtos de higiene e brinquedos.


"Pra mim, a missão do SOS é de acolhimento e apoio. Levamos ajuda através de alimentos, roupas, artigos de higiene, mas além disso levamos carinho, atenção  e amor aquela comunidade quase invisível para a maioria das pessoas, que desconhecem sua realidade tão difícil", contou uma das voluntárias, Rafaella Nepomuceno.


A enfermeira Raíssa Ribeiro, 34, também explica que, além dos objetos, o afeto que o grupo leva para as pessoas são importantes: "O meu objetivo é levar alegria para eles, deixá-los sempre satisfeitos, dar carinho, amor, acolhimento, que é algo muito importante para eles".


O ponto de encontro dos voluntários será às 7h, atrás do Trade Center, mais conhecido como Prédio do Relógio, em Alcântara. O segundo ponto de encontro fica na Praça de Itaúna.


Para saber mais sobre o projeto e como doar ou ser voluntário,https://www.facebook.com/soslixaodeitaoca/


Projeto Social Maria Vaz - Os voluntários desse projeto vão levar 70 crianças para um dia de festa em um grande salão festa para oferecer um dia especial para os pequeninos. Segundo o coordenador do projeto, Neemias Mendes, eles já conseguiram arrecadar cerca de 100 brinquedos e esperam conseguir ainda mais. 

Veja também