Funcionários dos Correios entram em greve por tempo indeterminado

Decisão foi tomada em assembleias nesta terça-feira

Enviado Direto da Redação
Noite de terça foi marcada por diversas reuniões de funcionários dos Correios pelo Brasil

Noite de terça foi marcada por diversas reuniões de funcionários dos Correios pelo Brasil

Foto: Divulgação

Funcionários dos Correios entraram em greve nacional por tempo indeterminado, nesta quarta-feira (11), após reuniões em diversos estados do Brasil na noite desta terça. Uma das principais bandeiras da categoria é a não privatização da empresa.

Outro ponto abordado pelos manifestantes é o baixo reajuste salarial oferecido, de apenas 0,8%, e da retirada da pais e mães de funcionários do plano de saúde.

Em nota, a Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (Findect) afirmou que "a decisão foi uma exigência para defender os direitos conquistados em anos de lutas, os salários, os empregos, a estatal pública e o sustento da família".

Na manha desta quarta, funcionários dos Correios do Rio fizeram uma manifestação na porta do Centro de Tratamento de Encomendas em Benfica, no Rio.

Veja também