Projeto 'Emancipa' leva educação para adolescentes internos em São Gonçalo

A previsão de início é na penúltima semana deste mês

Enviado Direto da Redação


Por Daniela Scaffo


"Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda". É com essa mesma ideia de Paulo Freire, que membros do Emancipa Degase criaram um projeto de educação para adolescentes cumprindo medida sócio-educativa, do Centro de Recursos Integrados de Atendimento ao Adolescente (Criaad), em Estrela do Norte, São Gonçalo. 


A ideia do grupo é trabalhar com quatro eixos de educação pedagógico educacional: português, matemática, atividades culturais e círculos de roda de conversa, com os cerca de 50 internos da instituição. O projeto está previsto para iniciar na penúltima semana de setembro, em dois dias da semana: às segundas e quintas-feiras, em uma escola da rede municipal, próximo a unidade. 


"Fazemos um trabalho de uma perspectiva social. A nossa arma é a educação e, com esse projeto, estaremos dando oportunidade a esses jovens com as aulas de reforço escolar para que eles possam desenvolver suas potencialidades", explicou o coordenador da Rede Emancipa, professor Josemar.


Atualmente, o Emancipa Degase conta com aproximadamente 10 professores apenas no município de São Gonçalo. O objetivo é fazer uma chamada para ampliar o número de voluntários para o projeto.


A Rede Emancipa é um movimento social de educação popular que, desde 2007, constrói um importante trabalho voltado à educação de jovens de escolas públicas. O principal foco de atuação da Rede Emancipa tem sido a organização de cursinhos populares pré-universitários.


Foi pelo direito à educação popular que o Emancipa começou, em 2017, uma frente com o Departamento Geral de Ações Socioeducativas (DEGASE). O projeto trabalha com jovens em privação de liberdade.


"A rede Emancipa tem 12 anos e é um movimento social por educação. Iniciou em Itapevi, município da Microrregião de Osasco, e está com vários cursinhos pré- vestibular, atuando em oito unidades da federação. No Rio, estamos há cindo anos e em São Gonçalo há três anos, nos bairros de Santa Luzia, Neves, Portão do Rosa e Porto Novo. Agora, depois de muita conversa, trouxemos o Emancipa Degase, que iniciou na Ilha do Governador, para o município de São Gonçalo, para atender os jovens da instituição e os que estão em liberdade assistida", explicou Josemar.


Quem quiser colaborar com o Emancipa, pode entrar em contato com o professor Josemar através do número (21) 99992-6572.

Veja também