Mulher fica sem andar após usar pincel de maquiagem infectado

Material usado para cobrir espinha estava com bactéria resistente

Enviado Direto da Redação
Material usado para cobrir espinha estava com bactéria resistente

Material usado para cobrir espinha estava com bactéria resistente

Foto: Divulgação


Em entrevista ao programa de “TV This Time Next Year”, a australiana Jo Gilchrist, de 31 anos, revelou que perdeu o movimento de suas pernas após usar pincel de maquiagem emprestado para cobrir espinha. O material estava infectado com uma bactéria, o que a fez quase perder a vida.

Ela contou que um mês após usar o pincel de maquiagem,começou a sentir fortes dores. Um exame  mostrou que ela tinha uma infecção por uma bactéria resistente à antibióticos, que havia se instalado em seu corpo através de um pequeno corte em sua pele.

A mulher precisou passar por uma cirurgia de emergência para remover um abscesso (acúmulo de pus) que estava comprimindo sua medula.  A recuperação de Jo é considera pelos médicos um milagre.

"Eventualmente acabei ficando paralisada do meu peito para baixo. Acabou sendo uma infecção MRSA (Staphylococcus aureus resistente à meticilina). Ela teria passado pela espinha do meu rosto, viajado pelo meu corpo e instalada na minha medula espinhal. Quando cheguei ao hospital, eles estavam basicamente me falando para dizer adeus”, ressalta.

Jo, hoje faz fisioterapia e recupera a mobilidade das pernas. Para ela, seu filho  foi primordial na recuperação. “Eu não acho que estaria aqui se não fosse pelo meu garotinho”, finaliza.

Veja também