Vereador é multado após acessar sites pornográficos em sessões

Celestino Derdin é integrante da Câmara Municipal de Braganey, no Paraná

Enviado Direto da Redação
Celestino Dernardin trabalha na Câmara de Braganey

Celestino Dernardin trabalha na Câmara de Braganey

Foto: Divulgação
O vereador Celestino Denardin (PSD), da Câmara Municipal de Braganey, no Paraná, vai ter que pagar R$ 30 mil de multa, em ação impetrada pelo Ministério Público Estadual (MP-PR), por ter sido flagrado acessando sites pornográficos durante as sessões da Câmara, e também ao longo do expediente em seu gabinete. 
Ele foi denunciado ao MP pelo próprio presidente da Câmara, vereador Adriano da Silva. Com isso, foi instaurado uma investigação e os promotores tiveram acesso aos computadores da Câmara de Vereadores e acabaram comprovando a denúncia. Diante das evidências, o vereador admitiu a má conduta e fez um acordo, através de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), onde se comprometeu a não mais acessar os sites pornográficos durante o seu trabalho na Câmara, além de pagar a multa de R$ 30 mil que será revertida para os cofres públicos.
Não está descartada a abertura de uma investigação por quebra de decoro, que pode levar à cassação do mandato do vereador.

Veja também