Coletivo promove reunião aberta para debate sobre a Fazenda Colubandê

Ação será no próximo sábado (17), às 9h

Enviado Direto da Redação


Por Thalita Queiroz*


A situação da Fazenda Colubandê é de descaso completo. O patrimônio histórico cultural da cidade não tem mais sido usado como instrumento de cultura para São Gonçalo e essa realidade fez com que o Coletivo 'Fazenda Colubandê: Quem Ama Cuida' fosse criado e desenvolvesse reuniões com informes sobre a situação do local. 


No próximo sábado (17), haverá a reunião mensal com o coletivo, na Fazenda Colubandê, de 9h às 14h. Na ocasião, serão propostos debates de como conseguir captação de recursos, falar da agilidade na área administrativa e sugestões sobre as campanhas para divulgar as campanhas do coletivo.


O 'Coletivo Quem Ama Cuida' acredita que o patrimônio cultural deve ser preservado e valorizado. Segundo um dos membros do grupo, todas as atividades do Coletivo são oportunidades de trocas de informações e avaliações, em conjunto, sobre o valioso patrimônio.


“Vai ser mais uma oportunidade de reunir as pessoas para visitar a Fazenda, saber da sua atual condição e ampliar a rede de apoio na defesa e preservação. Todas as nossas ações e atividades são voluntárias, integrando pessoas da cidade de São Gonçalo e cidades vizinhas”, disse um dos membros do coletivo.


Ainda segundo integrantes do Coletivo, eles estariam mantendo contato com quatro deputados para tentar emplacar cerca de R$ 800 mil para a Fazenda. Esse valor, garantiria uma programação de 10 meses, conseguindo um avanço de qualidade para a população e o patrimônio, que receberia maior visibilidade. O grupo está empenhado em conseguir reativar o local, que sobrevive hoje com ações voluntárias para iniciar projetos que façam com que a Fazenda Colubandê não seja esquecida.


Atualmente, os envolvidos na luta se concentram em enviar uma emenda ao parlamento a fim de que as questões orçamentárias possam ser aprovadas. Além disso, um trabalho de força-tarefa vem sendo feita para que as redes sociais do Coletivo possam ser um meio de divulgação das reuniões mensais e das ações do grupo. 


A reunião deste sábado será aberta a todos os moradores e defensores da cultura na cidade. Através do Facebook do Coletivo é possível acompanhar a programação completa: www.facebook.com/ocupacaofazendacolubande/


Estagiária sob supervisão de Cyntia Fonseca*

Veja também