Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar up 5,3317 Euro up 5,5605
Search

Secretaria Estadual de Saúde do Rio está em alerta contra surto de sarampo

A vacinação é uma ação preventiva

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 02 de agosto de 2019 - 09:20
Crianças a partir de 1 ano e adultos até 49 anos, devem se vacinar
Crianças a partir de 1 ano e adultos até 49 anos, devem se vacinar -

Em virtude de um surto de sarampo em São Paulo e por o Rio de Janeiro ser um potencial corredor da doença devido à proximidade, a Secretaria de Estado de Saúde está em alerta contra a doença. A ação, que é preventiva e recomendada pelo Ministério da Saúde, tem por finalidade reforçar a necessidade da prevenção com a vacina, disponível nos postos municipais.

A recomendação é que crianças a partir de 1 ano e adultos até 49 anos que não se vacinaram procurem os postos municipais. Este ano, o Rio de Janeiro registrou 13 casos da enfermidade. Em 2018, o Rio alcançou 95% de cobertura vacinal para o público-alvo e foram notificado 20 casos de sarampo.

“A indicação é fazer a administração da tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) para crianças a partir de 1 ano de idade e os adultos até 49 anos que não estão em dia com a vacina. Para aqueles que têm dúvida se receberam ou não o dose, a indicação é pela imunização – explica Alexandre Chieppe, médico da Secretaria de Estado Saúde.

Outra medida a ser realiza pela secretaria é a distribuição de panfletos informativos. “Caso tenha viajado ou teve contato com pessoas com sintomas da doença, procure uma unidade de saúde mais próxima”, reforça Chieppe.

A transmissão :O sarampo é uma doença que passa com facilidade de uma pessoa para outra por meio da fala, tosse e espirro.

Prevenção :A vacina é a única forma de prevenção da doença e está disponível na vacinação de rotina nas unidades de saúde.

Sintomas: Os principais sintomas do sarampo são mal-estar geral, febre, tosse e coriza. A doença também provoca conjuntivite e se caracteriza por apresentar manchas vermelhas que aparecem no rosto e se espalham por todo o corpo.

Matérias Relacionadas