Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar up 5,3317 Euro up 5,5605
Search

Família promove bazar para conseguir comprar triciclo para menino com deficiência craniana

O equipamento custa 1,7 mil

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 03 de julho de 2019 - 10:42
O equipamento custa 1,7 mil e seria um presente para o menino que completa 14 anos
O equipamento custa 1,7 mil e seria um presente para o menino que completa 14 anos -


Por Myllena Vianna*

Os familiares de Kaio Pereira estão organizando e promovendo um bazar beneficente no próximo domingo (07). O objetivo do evento é arrecadar fundos para a compra de um triciclo para que o menino consiga se locomover com mais facilidade. Além disso, o evento também será para a celebração do aniversário dele, que completa 14 anos na próxima sexta-feira (05).

“Nós não temos condições de fazer festa para ele e já que iremos fazer o bazar, vamos aproveitar que terá mais pessoas e fazer um bolo grande para cantar parabéns para ele. Meu objetivo é vê-lo feliz”, explicou a mãe, Naiane Martins.

O triciclo que a família de Kaio deseja comprar custa 1,7 mil e como não possuem condições de comprar, a mãe de Kaio promove eventos como esse, além de vender doces no dia a dia.

“Já conseguimos R$ 640. Vamos realizar esse bazar para ver quanto iremos arrecadar. Se não alcançarmos o objetivo, vamos fazer rifas e outros bazares, para tentarmos chegar no valor que ele custa. Ainda tem uma taxa que deve ser paga, além de demorar um mês para chegar”, disse.

A ideia do triciclo surgiu quando o menino viu outras crianças andado de bicicleta e ele não podia andar por conta de suas limitações.

“Ele estava brincando com outras crianças no quintal do condomínio e elas começaram a andar de bicicleta e não havia formas de ele também realizar essa atividade. Vendo tudo isso, fui pesquisar na internet se havia algo que pudesse proporcioná-lo essa alegria e apareceu esse triciclo, que é uma cadeira de rodas, mas ao invés de pedalar, é manualmente e como ele consegue fazer o movimento em uma das mãos, nós pensamos em promover essa campanha. É o sonho dele. O Kaio é uma criança e quer brincar e vamos fazer isso para ele”, afirmou.

Todos os objetos e roupas que estão disponíveis no bazar são frutos de doações e estarão a venda no valor de R$ 2. O evento será realizado das 08h às 16h, no Ginásio do Minha Casa, Minha Vida no antigo 3° BI, na Rua Dr° Porciúncula, n° 395, Venda da Cruz.

Kaio Pereira sofreu um grave acidente de carro em maio de 2015, quando tinha 10 anos. O acidente aconteceu em Macaé, no Norte Fluminense, quando voltava de uma viagem com os avós paternos. O veículo perdeu uma das rodas e capotou diversas vezes ocasionando a perda de uma parte da calota craniana de Kaio.

Desde o acidente, O SÃO GONÇALO acompanha sua luta pela vida e a superação de suas limitações. Atualmente, com 13 anos, o menino conseguiu vários avanços no tratamento. Desde o ano passado, consegue escrever e realiza movimentos nas mãos e nos membros inferiores.

“A primeira cirurgia que ele fez, tinha dado rejeição. Após o último procedimento para a reconstrução da calota craniana, ele já consegue mexer uma das pernas, consegue mexer o braço, quando apertamos a mão dele, ele reage. Ele faz fisioterapia três vezes na semana, em Niterói. Ano passado, ele começou a interagir mais. Na escola, ele já aprende a juntar as palavras”, falou.

Naiane não trabalha fora para se dedicar e cuidar integralmente do filho, que precisa de sua atenção em todos os momentos.

“Para ajudar nos custos da casa, eu faço doces, bolos, e vendo também refrigerante e geladinho aqui em casa. Aqui são 1,2 mil famílias. Facilita o acesso para as pessoas e me ajuda a pagar as contas”, contou. A mãe do menino explicou ainda, os ensinamentos que o episódio trouxe para a vida de todos eles. “Ele é muito alegre, cheio de luz. O primeiro ano foi muito difícil, pois ele só chorava e não falava nada. Os últimos três anos foram melhores, pois ele interage. A superação dele me emociona”, concluiu.

*Estagiária sob supervisão de Marcela Freitas

Matérias Relacionadas