Morador do Jardim Catarina contrai bactéria no coração após contato com esgoto

O contato aconteceu por conta do transbordamento de um valão

Escrito por Redação 27/06/2019 09:03, atualizado em 27/06/2019 08:53
. Foto: Divulgação

Com um esgoto a céu aberto há mais de sete meses, no Jardim Catarina, em São Gonçalo, o açougueiro Ubiraci José da Silva, de 55 anos, foi internado pela segunda vez com uma bactéria no coração devido ao contato com esgoto.


De acordo com a filha do açougueiro, Gabriela Lima, ela e outros moradores já foram atrás de uma solução para o problema que eles vêm enfrentando há meses, mas, não obtêm respostas.


A gonçalense contou que o pai ficou internado por quatro meses, por causa de uma celulite bacteriana, que pegou após ter contato com o esgoto, e que dessa vez precisou voltar para o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê, por causa de uma bactéria no coração, transmitida da mesma forma, já que em dias de chuva, o valão transborda e a Rua Florentino Geovane fica alagada de sujeira.


“Já abrimos diversos protocolos na Cedae, mas, ninguém dá uma luz. O mesmo acontece com a Prefeitura de São Gonçalo, porque nós não temos nenhum saneamento básico. Pedimos ajuda e informam que vão mandar alguém, mas nada é feito. Sem contar que em dias de chuvas, a sujeira aumenta”, explicou Gabriela.


Questionados sobre a situação dos moradores do Jardim Catarina, a Cedae informou que “mandará uma equipe no local em até 24 horas para realizar uma vistoria e, sendo em rede da Companhia, efetuar o reparo”.


Já a Prefeitura de São Gonçalo informou que “a Secretaria de Desenvolvimento Urbano irá enviar uma equipe ao local para realizar vistoria e verificar se a demanda é da Prefeitura ou da Cedae. As providências necessárias serão tomadas o mais breve possível”.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas