Família na Trindade se fere após balão cair em sua casa

O acidente aconteceu no último domingo

Enviado Direto da Redação

Foto: estagiario 6

No último domingo, (23), uma família moradora de Trindade, em São Gonçalo, levou um susto quando fogos de um balão estouraram dentro do quintal. O acidente aconteceu por volta de 1h30 da madrugada, quando Patrícia Valente, 44, e Marcelo Jesus Valente, 48, estavam dormindo.


“Nós acordamos no susto, ouvindo meu primo, que é nosso vizinho, gritando que alguma coisa estava pegando fogo”, relatou a dona de casa.


A parte do balão que atingiu o local deixou um grande prejuízo: a lona que ficava estendida no quintal pegou fogo e a moto do filho de Patrícia teve mais da metade do veículo queimado. Ivan Costa, filho de Patrícia e dono do veículo relatou que ficou bastante chateado já que a moto havia sido conquistada com muito suor.


O casal teve queimaduras leves ao tentar apagar o fogo antes que a labareda alastrasse pelo espaço. “Eu não sei como as pessoas ainda conseguem soltar balão mesmo sabendo dos perigos que isso pode causar nos lugares. A moto, infelizmente, não deve ter conserto mas isso é o de menos. Poderia ter acontecido algo muito pior com as nossas vidas”, desabafou Patrícia.


Na semana passada, o mesmo primo que alertou sobre o balão passou por uma situação parecida. No começo da madrugada do dia 16, uma parte do balão atingiu sua casa.


A mulher, que mora no local desde que nasceu, acrescentou que ultimamente esse casos têm acontecido com frequência no bairro.


Ainda não há informações de onde o balão foi solto. Soltar balão é crime, segundo o artigo 42 da Lei de Crimes Ambientais nº 9.605/98. Para denunciar a prática ilegal de soltura dos balões, o Disque-denúncia disponibiliza o telefone: 2253 1177 ou 0300 253 11777 (interior do estado, custo de ligação local), cujas chamadas são encaminhadas à polícia. O serviço funciona também através do aplicativo “Disque Denúncia RJ”

Veja também