Professor de São Gonçalo resgata memórias da cidade com fotos e documentos antigos

Página 'Memória de São Gonçalo' já conta com mais de 13 mil curtidas

Enviado Direto da Redação

Fundada em 1890, São Gonçalo é certamente uma cidade que contribuiu em muito na história do estado do Rio de Janeiro. Mas ultimamente é notável a baixa auto estima do gonçalense em relação ao seu próprio município. Pensando nisso, Luciano Tardock, criador da página e do site Memória de São Gonçalo. Com 13 mil seguidores, a página no Facebook relembra marcos importantes da cidade através de fotos, documentos e vídeos.


Formado em História, Luciano decidiu criar a página após enviar o material de seu mestrado para a banca avaliadora como uma forma de distrair a mente. Segundo Luciano, ele próprio aprendeu muito sobre a história da cidade. “Foi um processo bastante divertido, visto que muita coisa sobre São Gonçalo eu ainda desconhecia e, dessa forma, ia aprendendo enquanto pesquisava para compartilhar na página”, diz ele.


Para Luciano, a página é importante para aumentar a auto estima dos moradores de São Gonçalo, por saberem que sua cidade tem uma história interessante. Para isso, Luciano, que é professor, faz questão de ensinar sobre a história do município, principalmente para crianças de bairros carentes da cidade. “O poder público tem que compreender que a pessoa só se torna cidadã quando tem educação e, só passa a gostar da sua cidade, quando compreende a mesma, conhece a história dela e toda essas nuances ligadas a memória, as afetividades e todo o mais. O gonçalense merece conhecer sua história”, complementa o professor.


Luciano conta que consegue seu material fazendo um apurado trabalho de pesquisa. Ele encontra materiais na internet, em arquivos da Biblioteca Nacional e de outros países. O professor conta que já encontrou arquivos com fotos da Fazenda de Guaxindiba em uma revista holandesa. É isso, é um trabalho de formiguinha misturado com um pouco de sorte”, completa. Os próximos planos para a página é torná-la mais interativa. O Memória de São Gonçalo é um grupo em que algumas pessoas enviam conteúdo para os administradores, estes por sua vez avaliam e postam. Agora, Luciano pretende se aproximar mais das pessoas para descobrir mais histórias. Também, ele espera que tanto a página como o site tenham mais participação da comunidade gonçalense, já que, segundo ele, os números atuais de seguidores não representa a grandeza da população do município.


Enquanto isso, Luciano está feliz com o reconhecimento que recebe quando vê seu trabalho sendo utilizado por professores e alunos em salas de aula e também quando vê que o material disposto em sua página tem sido usado em trabalhos de ensino fundamental e também dissertações e teses. “ Esse reconhecimento é o mais importante que poderia ter. Faz valer a pena”, finalizou Luciano.

Veja também