População de rua improvisa ‘casas’ de madeira nas calçadas em Niterói

Barracos de madeira são improvisados em São Lourenço

Enviado Direto da Redação

Foto: Leonardo Ferraz


Por Thalita Queiroz*


Moradores em situação de rua parecem estar instalados de vez pelas ruas de Niterói. Em um dos vários flagrantes que O SÃO GONÇALO já presenciou, o da Avenida Washington Luís, em São Lourenço, chamou a atenção: São “casas de madeira” que estão sendo montadas nas calçadas sem sofrer nenhum tipo de resistência dos guardas municipais ou de qualquer outra autoridade responsável.


Os moradores de rua estão livremente ampliando as estruturas para moradia com placas de madeira. Em algumas delas, há, inclusive espaço para lazer instalados como anexo da “casa” improvisada. Quem passa pelo local consegue notar o espaço para caminhar encolhendo e a quantidade de madeira sendo erguida.


A situação piora por ser um local onde há comércio e casas residenciais, que acabam sendo prejudicados pela desordem.


Segundo moradores, a avenida também é passagem principal para importantes vias da cidade como a Avenida Feliciano Sodré, para quem deseja chegar ao centro de Niterói e para quem está indo em direção à Ponte Rio-Niterói, e com a presença da população de rua, a situação tem se tornado caótica.


Questionada, a Secretaria de Ordem Pública informou que no ano passado notificou os moradores a desocuparem o passeio público. Os moradores conseguiram uma limitar na justiça proibindo a prefeitura de desmontar as construções. A secretaria aguarda a decisão Judicial.


Estagiária sob supervisão de Cyntia Fonseca*

Veja também