Coletivo ‘Horta Comunidade Viva’ prepara mais uma ação em São Gonçalo

Ato será realizado no domingo (19), em Neves

Enviado Direto da Redação

Por Daniel Magalhães e Cyntia Fonseca


Acontece, neste domingo (19), mais uma ação do coletivo ‘Horta Comunidade Viva’ na tradicional Feira de Neves. O grupo, que mantém uma horta urbana em um terreno ao lado do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), utiliza a plantação como forma de garantir alimentação a desabrigados e a comunidade local.



De acordo com Camila Cardoso, 33 anos, uma das organizadoras do evento, o mutirão foi programado para acontecer durante a semana da Luta Antimanicomial para conscientizar os participantes sobre os benefícios das áreas verdes em espaços urbanos para a saúde mental, além de reinserir os usuários de drogas da região na comunidade.


“Embora os moradores e outros ao redor saibam que a horta também pertence a eles, muitos têm vergonha de colher algo da plantação. Esse evento é importante para perceberem que cuidar de algo e ver crescer pode contribuir para o sentimento de pertencimento à comunidade”, explicou. A horta, cultivada com os princípios da agroecologia, foi pensada para que interaja sozinha e precise de pouco cuidado externo.


“Tem um grande estudo por trás. Colocamos na plantação espécies que dependem e colaborem umas com as outras e ali forme um ecossistema próprio, assim não precisamos ir à horta constantemente, apenas para ver se há alguma depredação ou algo do tipo”, acrescenta Camila.


O evento começa às 8h, ao lado da entrada do IFRJ e a entrada é gratuita. A organização do evento recomenda que os interessados levem ferramentas, mudas e plantas para cultivo. Para consumir, pode-se levar água potável para uso coletivo, lanches leves e frutas.

Veja também