Motoristas reclamam de buracos em vias de São Gonçalo

Problemas ficam na principal via do bairro Trindade

Enviado Direto da Redação
Buracos em via importante do bairro Trindade trazem transtornos

Buracos em via importante do bairro Trindade trazem transtornos

Foto: Kiko Charret

Por Vitor D'Avila* 

A cada dia surgem mais reclamações sobre buracos em ruas de São Gonçalo. Motoristas estão desesperados, pois acabam tendo que arcar sozinhos com o prejuízo cada vez mais elevado devido aos acidentes causados. A situação da Rua Presidente Kennedy, esquina com a Rua Araxá, em Trindade, é mais um exemplo alarmante.

Pela via, trafegam, diariamente, carros, motos e ônibus. Todos sentem diretamente os mesmos problemas: precisam desviar para não baterem nos buracos. Aqueles que não conhecem a região, geralmente acabam por não ver os danos da pista, e com isso, o prejuízo é inevitável.

O trabalhador autônomo Raimundo Bispo, de 52 anos, morador da região, passa todos os dias pela Presidente Kennedy. Graças a péssima condição da rua, ele, assim como seu filho, gastaram um alto valor com reparo em seus automóveis.

“Não aguento mais quebrar o amortecedor do meu carro. Não só aqui mas a Trindade inteira está esburacada. Já tive quase 2 mil reais de prejuízo com quebras causadas por buracos. Estou levando o carro na oficina de novo. Não tenho dinheiro para ficar consertando carro toda hora. Meu filho também quebrou o carro dele e foram quase 5 mil reais de conserto. Quem vai ressarcir meu prejuízo?”, disse.

 Além dos gastos, Raimundo também alerta para o risco de acidentes mais graves. Na última semana, ele socorreu um motociclista que tombou de sua moto após colidir com um buraco.

“Quinta feira passada socorri um piloto de moto que bateu dentro do buraco e bateu de cabeça no chão, o risco é muito grande”, alertou.

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano informou que incluiu o caso ao cronograma e irá enviar uma equipe ao local em até sete dias para verificar a demanda e, com isso, tomar as providências necessárias. 


Estagiário sob supervisão de Marcela Freitas*

Veja também