Outro caso de agressão a animais ganha visibilidade nas redes sociais

Homem teria jogado tinta vermelha na cadela para disfarçar espancamento

Enviado Direto da Redação
Cadela está em estado grave em clínica veterinária de Palmas, Tocantins

Cadela está em estado grave em clínica veterinária de Palmas, Tocantins

Foto: Divulgação/Talita Portilho


Após o caso do cachorro 'Manchinha', morto por espancamento dentro de uma unidade do Carrefour, em Osasco, São Paulo, casos semelhantes de agressão a animais ganham mais visibilidade e geram indignação nas redes sociais.


Nesta quinta-feira, uma cadela foi resgatada após levar marretadas na cabeça e desmaiar em Lajeado, na região central do estado do Tocantins. 


De acordo com a Polícia, para disfarçar o sangramento, o agressor jogou tinta vermelha no animal. O suspeito confessou as agressões e foi liberado da delegacia. 


A cadela foi resgatada por uma vizinha do suspeito e segue em estado grave em uma clínica veterinária de Palmas.


A jovem denunciou os maus-tratos e ao ameaçar  chamar a polícia, o homem teria jogado tinta vermelha no animal para disfarçar o sangue.


O suspeito confessou o crime e vai responder em liberdade.

Veja também