'Camisinha' foi colocada no obelisco de São Gonçalo em campanha contra Aids

Grupo Gay Atitude que confeccionou a “camisinha” de 22 metros

Enviado Direto da Redação

Por: Rennan Rebello

Para marcar o Dia Mundial de Combate à Aids, que ocorreu no dia 1º de dezembro, o grupo Gay Atitude, de São Gonçalo, foi o responsável pela confecção de uma “camisinha”, de 22 metros que foi colocada no obelisco, na Praça Luiz Palmier, no Centro da cidade. A ação inusitada fez sucesso nas redes sociais e chamou atenção para a campanha.

“Essa repercussão foi extremamente positiva porque precisamos chamar atenção para a prevenção do HIV. Só em nosso município temos cerca de seis mil infectados e no espaço da praça ainda aproveitamos para promover outras ações, como doação de cabelos para quem está com câncer”, explicou o gerente comercial, Diego Moreira, de 24 anos, que é presidente do grupo organizador da campanha.

Embora a intenção tenha sido promover um tema relacionado á saúde pública, houve manifestações contrárias à iniciativa. No obelisco, teve cartazes colados em protesto, com dizeres: “Tragam seus amigos e parentes de fora para verem de perto esta vergonha, em plena época de Natal” e “Este cilindro de ferro coberto por um plástico, no centro comercial é o monumento do nosso município ou uma forma de ridicularizar nós moradores? Até quando isso será aceito?”. Mas apesar da reação, Diego está feliz feliz com resultado.

“Nós temos uma sociedade preconceituosa, e alguns acharam que foi uma erotização, mas na verdade foi uma conscientização, até porque a ‘camisinha’ deve ser apresentada aos jovens para que não aumente o número de pessoas infectadas com HIV ou outras doenças sexuais. Mas estes comentários negativos acabam são bons para que a gente possa aperfeiçoar nossas ideias para a ação do ano que vem”, argumentou Diego que revelou que a “camisinha gigante” será retirada no próximo sábado (8).

Histórico - O obelisco foi colocado na praça ainda na gestão da ex-prefeita Aparecida Panisset e, segundo a nota oficial da Prefeitura, do dia 8 de dezembro de 2010, o monumento era em tributo aos bondes.

“A Praça Luiz Palmier, conhecida como Praça do Rodo, já está com novo visual. O projeto da Secretaria Estadual de Obras é resgatar a memória dos bondes, com uma grande coluna de aço Corten e colunata em granito, onde serão afixados os painéis que resgatarão a história dos bondes, que faziam o ponto final”, informou a nota há oito anos.

Veja também