População lota postos de saúde em busca de vacina contra a febre amarela em São Gonçalo

Confira locais de vacinação

Escrito por Redação 18/01/2018 08:05, atualizado em 18/01/2018 07:25
>> Fila quilométrica chamava a atenção no Polo Sanitário Washington Luis, no bairro Zé Garoto
>> Fila quilométrica chamava a atenção no Polo Sanitário Washington Luis, no bairro Zé Garoto . Foto: Júlio Diniz



Após o registro de três mortes no Estado do Rio por conta da febre amarela, a Secretaria Estadual de Saúde confirmou, ontem, a morte de um macaco infectado pela doença no Fonseca, em Niterói. O animal teria sido encontrado morto há 10 dias, mas a causa da morte só foi confirmada após exames. Outro macaco teria sido encontrado morto no Viçoso Jardim, mas a causa ainda está sendo examinada.


A procura pela vacina tem levado a população à uma verdadeira corrida nos principais postos de São Gonçalo. Somente nos primeiros 16 dias de janeiro, seis mil pessoas foram imunizadas na cidade. 


São Gonçalo - No Pólo Sanitário Washington Luiz, no Zé Garoto, a fila quilométrica chamava a atenção de quem passava pelo local. Muitas pessoas contaram que procuraram o posto central porque o atendimento no local não estava sendo limitado por senhas, como por exemplo, na Clínica Municipal Gonçalense, no Mutondo, onde logo nas primeiras horas da manhã, elas haviam acabado. O funcionário dos um postos contou que aguardava o recebimento de mais vacinas para liberar novas senhas.


O diretor do Washington Luiz, Jorge Barcellos, alertou que a população não precisa se preocupar, já que o município tem estoque das vacinas. Na última sexta-feira, segundo a Secretaria de Saúde, São Gonçalo recebeu 15 mil doses e na segunda-feira, mais 35 mil.


“Temos doses em estoque o que garante a imunização. A divulgação desses casos e a proximidade do Carnaval tem feito com que a população busque se vacinar. O que explicamos sempre para quem chega aqui é que temos outros pontos de vacinação, muitos até mais próximos da residência das pessoas”, explicou.


Após três horas na fila, a dona de casa Angélica Alves Carvalho, 36 anos, moradora de Itaúna, conseguiu vacinar sua filha e três sobrinhas. Sobre a distribuição de senhas a Secretaria Municipal de Saúde informou que a gestão não concorda com a distribuição de senhas.


“A imunização está sendo realizada de livre demanda até o momento em que tivermos as doses para serem administradas”, diz a nota.


Doença mata macaco em Niterói


A Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgou ontem um Boletim Epidemiológico que confirma a morte de um macaco diagnosticado com febre amarela em Niterói.


Segundo o órgão, o animal passou por análises na Fiocruz, onde um laudo apontou como causa a epizootia, conceito utilizado para referir-se a uma enfermidade contagiosa encontrada em animais. Esta é a primeira morte de macaco vítima da doença confirmada no estado do Rio, em 2018.



Veja abaixo todos os locais de vacinação contra a febre amarela em São Gonçalo: 


Polos Sanitários


Washington Luiz (Zé Garoto)

Hélio Cruz (Alcântara)

Jorge Teixeira de Lima (Jardim Catarina) 

Rio do Ouro

Paulo Marques Rangel (Porto do Rosa)


Unidades de Saúde da Família 


Itaúna

Alexander Fleming (Boaçu)

Carlos Chagas (Fazenda dos Mineiros)

Santa Izabel

Doutel de Andrade (Maria Paula)

Emílio Ribas (Barracão)

Irmã Dulce (Trindade)

Juvenil Francisco Ribeiro (Engenho Pequeno)

Luiz Carlos Prestes (Santa Catarina)

Roberto Koch (Porto da Madama)


Clínicas Gonçalenses

Mutondo

Barro Vermelho



Leia também:


Macaco morto por febre amarela é encontrado no Fonseca em Niterói



Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas