Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar up 5,3317 Euro up 5,5605
Search

Procura por vacina contra febre amarela lota postos de saúde em São Gonçalo

Macacos mortos no Estado assustam população

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 12 de janeiro de 2018 - 09:41
>> A procura pela vacina da febre amarela foi grande nos postos de vacinação de São Gonçalo
>> A procura pela vacina da febre amarela foi grande nos postos de vacinação de São Gonçalo -

A procura por vacinas contra a febre amarela provocou filas durante todo o dia de ontem, no Pólo Sanitário Washington Luiz, no Zé Garoto. As férias associadas à aproximação do Carnaval e a notícia da morte de três macacos nos municípios de Nova Iguaçu, Tanguá e Miguel Pereira, contribuíram para a grande demanda. No ano passado, 174.304 doses foram distribuídas no município.

O diretor do Pólo Washington Luiz, Jorge Barcelos, explicou que não é preciso se preocupar, já que o município está abastecido.

“Ficamos bastante surpresos com toda essa demanda de hoje. Desde as 8h da manhã a procura é intensa. Acredito que por ser uma unidade de referência a busca tem sido feita aqui, mas outros postos do município tem a vacina, o que torna a locomoção mais fácil”, ressaltou.

Jorge explicou ainda, que os macacos são apenas sinalizadores da doença e não um transmissor. O vetor o mosquito infectado. “A morte desses três macacos nos coloca em alerta, mas quem transmite a doença é o mosquito. Então, é preciso ficar atento para não maltratar o animal. Temos cuidar de nossa casa para evitar água parada e a proliferação do mosquito”, apontou.

A dona de Casa Patrícia de Oliveira, 41 anos, aproveitou as férias escolares e levou os dois filhos Pedro Henrique e Daniela, de 10 e 9 anos respectivamente, para fazer a imunização. Patrícia contou que soube da morte dos animais no estado, o que contribuiu para que levasse as crianças mais rapidamente ao posto.

“Na campanha do ano passado os dois estavam fazendo uso de antibióticos e não tive como trazê-los. Acho importante se imunizar o quanto antes. Hoje consegui trazer toda a família ”, contou.

O Governo Federal anunciou que haverá a divisão das doses da vacina, com o intuito de vacinar um maior número de pessoas. No Rio de Janeiro, 2,4 milhões de pessoas devem receber a dose fracionada e 7,7 milhões, a padrão em 15 municípios. Em razão do carnaval, a campanha acontece entre 19 de fevereiro e 9 de março, sendo o dia 24 de fevereiro o dia D de mobilização.

Onde encontrar a vacina:

Unidades Saúde da Família: Itaúna; Alexander Fleming, Boaçu; Carlos Chagas, Fazenda dos Mineiros; Santa Izabel; Doutel de Andrade, Maria Paula; Emílio Ribas, Barracão; Irmã Dulce, Trindade; Juvenil Francisco Ribeiro, Engenho Pequeno; Luiz Carlos Prestes, Santa Catarina; Robert Koch, Porto da Madama.

Clínica Gonçalense do Mutondo; Clínica Gonçalense do Barro Vermelho. 

Unidade Básica de Saúde Haroldo Pereira Nunes, Porto Novo.

Polo Sanitário: Washington Luiz, Zé Garoto; Paulo Marques Rangel, Porto do Rosa; Helio Cruz, Alcântara; Rio do Ouro, Jorge Teixeira de Lima, Jardim Catarina.

Matérias Relacionadas